Fale conosco

O que você está procurando?

Revista Atrevida

TV e Séries

Talita Younan fala sobre seu papel como K1, em “Malhação: Viva a Diferença”!

talita-younan-fala-sobre-seu-papel-como-k1,-em-“malhacao:-viva-a-diferenca”!

Atriz comentou sobre abuso sofrido por sua personagem

Talita Younan, que deu vida a K1, em “Malhação: Viva a Diferença”, comentou sobre o momento atual de sua personagem e sua experiência atuando no seriado!

+++LEIA MAIS: Lívian Aragão irá participar de “Domingo Legal”, programa no SBT de Celso Portiolli: “Muito feliz”!

Para a atriz, rever “Malhação” está sendo uma experiência linda. “Agora, estamos alcançando ainda mais pessoas. Tanto quem não conseguiu assistir na época, quanto novos jovens. E quanto mais e mais a gente conseguir chegar neles, mais vamos ajudá-los, porque ‘Malhação: Viva a Diferença’ fala de tudo de uma forma muito real. Racismo, bullying, remédios para emagrecer, alcoolismo na adolescência, assédio, diferenças sociais, drogas, síndrome de Asperger, automutilação e muitos outros”, Talita afirmou. 

Para ela, o momento atual da trama está entre as principais mensagens de sua personagem. “Ela estava vivendo um assédio dentro da própria casa e não conseguia se abrir e contar, desabafar, denunciar”, a atriz lamentou. “[Na época, eu] recebia mensagens diariamente de pessoas dizendo que conseguiram se abrir depois de verem a K1 contando para a Keyla”, revelou Talita

+++LEIA MAIS: Netflix revela apresentadores da versão brasileira de “Queer Eye”

Nos últimos episódios, a vida de K1 não anda fácil. Ela demorou a denunciar os abusos que sofria do padrasto, por ter medo de contar para a mãe, Kátia (Dig Dutra), e ser recriminada pela forma que se comportava. Mas graças à conversa com a diretora do Colégio Cora Coralina percebeu que jamais deveria se sentir culpada.

Entretanto, após a denúncia, ela é expulsa de casa pela própria mãe e ainda sofre bullying na escola. Quem sai em defesa da jovem é Benê (Daphne Bozaski) e Dogão (Giovanni Gallo).