Fale conosco

O que você está procurando?

Revista Atrevida

TV e Séries

Sexto episódio de “WandaVision” traz ainda mais mistérios; confira todas as teorias!

sexto-episodio-de-“wandavision”-traz-ainda-mais-misterios;-confira-todas-as-teorias!

Chegada de Pietro abriu novas possibilidades para a trama

Mais uma sexta-feira, mais um episódio de “WandaVision” e, dessa vez, o tão aguardado episódio de Dia das Bruxas, em que pudemos ver Wanda (Elizabeth Olsen) e Visão (Paul Bettany) em versões fuleiras de seus trajes originais nos quadrinhos. Porém, não foi só isso: finalmente pudemos saber mais sobre a participação de Evan Peters como Pietro Maximoff e muitos detalhes nos levam a pensar que ele não é exatamente quem diz ser.

Se você ainda não assistiu ao sexto episódio de “WandaVision”, não continue a ler este texto, pois teremos alguns spoilers a seguir. Quando Pietro apareceu pela primeira vez, ao final do quinto episódio, uma das teorias levantadas era a de que Wanda acabou abrindo as portas do multiverso – onde diversos universos e personagens das histórias da Marvel colidem – e trouxe a versão dos “X-Men” de seu irmão, morto em “Vingadores: Era de Ultron” (2015), introduzindo os mutantes no Universo Cinematográfico da Marvel.

No entanto, parece que outra teoria é mais plausível: Pietro Maximoff não é quem diz ser, mas o verdadeiro vilão de “WandaVision”: possivelmente Mephisto, um demônio que é como o Satã, da Bíblia, ou Hades, da mitologia grega, tendo controle sobre os mortos. Ele teria trazido Visão de volta e se disfarçado de Pietro para se aproximar de Wanda, embora tenha usado a versão “errada” do gêmeo.

Em “Um Halloween Assustadoramente Inédito”, sexto episódio da série, alguns detalhes nos levam a crer que o demônio esteja mesmo sob o disfarce de Pietro: desde o início, Wanda desconfia do retorno do irmão e, frequentemente, joga questões no ar sobre a vida dos dois, mas ele sempre se esquiva e não as responde. Para garantir o disfarce, ele apenas faz questão de lembrar alguns momentos com a irmã, como a sua morte e um Halloween que passaram juntos, curiosamente fantasiados de Natasha Romanoff, a Viúva Negra (Scarlett Johansson), e Nick Fury (Samuel L. Jackson). 

Pietro tem alguns momentos em que parece entregar ser outra pessoa: sem motivo algum, ele assusta Wanda, fazendo uma careta bastante similar à de um demônio. Depois, ao vestir o seu traje de Mercúrio para o Halloween, os seus cabelos estão espetados para o alto, como dois chifres. Por fim, ao se despedir de Billy e Tommy, que vão caçar doces na data especial, ele diz: “Liberem os infernos, meus demônios!”. Coincidências demais, não é mesmo? E se os filhos de Wanda foram criados por Mephisto?

 

Como se não fosse o suficiente, o episódio entrega ainda mais pistas de que Pietro é apenas um disfarce: ele parece saber mais detalhes da realidade de Wanda do que a própria Wanda, dizendo que ela criou tudo perfeitamente, mantendo os casais, melhorando os empregos etc. A vingadora, no entanto, diz que não sabe exatamente como tudo aconteceu e, ao se virar por um segundo, vê Pietro morto em sua frente, assim como havia visto Visão. Seria Mephisto mexendo com a cabeça dela?

Momentos depois, Billy aparece junto à mãe e ao tio para dizer que o pai dele, Visão, está em apuros. No momento, vemos o vingador tentando sair da realidade de Wanda para pedir ajuda e se desintegrar. A vingadora entra em desespero e é quando Pietro é extremamente maldoso: “Fica fria. Seu marido morto não pode morrer duas vezes”, diz, fazendo com que Wanda o ataque, mandando-o para longe. Wanda finalmente percebeu a verdade?

Darcy Lewis ganhará poderes em “WandaVision”?

Uma teoria levantada após o quinto episódio é de que Monica Rambeau (Teyonah Parris) estaria desenvolvendo superpoderes após ficar confinada no Hex, a realidade criada por Wanda em Westview. Nos quadrinhos, a personagem é Espectro, que tem superpoderes, além de ser filha de Maria Rambeau, que na série assumiu a identidade heróica de Fóton, que também tem poderes.

No sexto episódio, vemos Darcy Lewis tendo acesso aos exames de sangue de Monica – que deram todos errados e precisavam ser refeitos, mas a capitã da S.W.O.R.D. se recusou – e constatando que as células da agente estão se modificando, o que seria um indício ainda maior de que ela realmente estaria adquirindo poderes e isso teria a ver com o Hex.

Isso amedronta Darcy, que decide não entrar no Hex junto com Monica  e Jimmy Woo (Randall Park), quando o trio é “expulso” pelo diretor Hayward (Josh Stamberg) e eles decidem ajudar Wanda sozinhos. Porém, ao final do episódio, enquanto os colegas tentam fugir, Darcy é presa por tentar ajudar Visão, que tentou sair do Hex, e acaba sendo engolida para a realidade criada pela vingadora. E se ela também desenvolvesse poderes agora?

 

Seria muito simples pensar que todos os que estivessem sob a realidade de Wanda poderiam desenvolver superpoderes. No entanto, Darcy é uma incógnita: ela é uma personagem criada exclusivamente para “Thor”, de 2011, e não existia nos quadrinhos até então. Pouco sabíamos sobre ela há dez anos, quando era apenas uma estudante de ciências políticas, e pouco sabemos sobre ela agora, que é uma doutora em astrofísica. E se torna-se uma super heroína estivesse em seu destino todo esse tempo?

Além disso, Darcy poderia ter uma predisposição – assim como Monica, com uma mãe com superpoderes – para se tornar uma super heroína: em “Thor: O Mundo Sombrio”, de 2013, a personagem tem contato com o Éter, a substância misteriosa que acaba sendo sugada para dentro de Jane Foster (Natalie Portman) e, posteriormente, transforma-se na Joia da Realidade. E se o contato com a joia e, agora, a entrada na realidade criada por Wanda despertam algo em Darcy, assim como aconteceu com Monica?

Leia mais em Exitoína, parceira de Atrevida!