Fale conosco

O que você está procurando?

Revista Atrevida

TV e Séries

Kesha anuncia programa sobre atividades sobrenaturais “Conjuring Kesha”

Produção deve chegar em 2022 no Discovery+

Kesha anuncia programa sobre atividades sobrenaturais
Kesha anuncia programa sobre atividades sobrenaturais. (Getty Images)

Nesta quinta-feira, 14, a Kesha anunciou que, assim como Demi Lovato, terá seu próprio programa sobre atividades sobrenaturais (e ETs). A divulgação do novo programa da Discovery+, chamado “Conjuring Kesha”, foi feita nas redes sociais da cantora.

“SURPRESA! Estou mais que animada! Eu e alguns dos meus melhores amigos estamos viajando pelo país em busca de PROVAS de algo a mais. Estou olhando para VOCÊ, universo, para expandir meu cérebro e crenças”, escreveu Kesha, em primeiro lugar. “Mal posso esperar para te contar mais em 2022”, disse, em seguida.

Como a gata mesmo disse, ainda não temos muitos detalhes sobre o novo programa. Eita, o que será que vem aí, Kesha?

Kesha ganha vantagem em caso contra Dr. Luke

Em junho, nossa querida Kesha ganhou uma grande vantagem no caso contra o produtor musical Dr. Luke. De acordo com a juíza da Suprema Corte de Nova York, a cantora poderá usar uma nova lei do estado americano, que visa proteger a liberdade de expressão. Com esse novo estatuto, casos que usariam da “liberdade de expressão” como interesse público podem ser julgados. Aliás, outro caso que se aplicaria a essa lei é de figuras “privadas” que fazem declarações para se beneficiar.

Durante os debates que aconteceram nesta quarta, os juízes discutiram se essa lei poderia entrar no caso de Kesha. Afinal, ela já havia sido aplicada no julgamento de outros nove casos.

Dessa maneira, Dr. Luke deverá apresentar no julgamento, que deve acontecer no fim deste ano, evidências claras e convincentes das supostas “difamações” de Kesha. Além disso, ela poderá pedir indenizações compensatórias e punitivas por conta da briga judicial longa.

Por fim, vale lembrar que Kesha perdeu o processo contra o produtor em fevereiro de 2020. Anteriormente, Dr. Luke havia entrado na justiça contra a cantora por estar sofrendo “difamação” por conta da acusação de estupro de Katy Perry por parte de Kesha e a troca de mensagens entre ela e Lady Gaga.

Na época, a cantora teve que pagar mais de 1,5 milhão de reais em indenização ao produtor musical.