Fale conosco

O que vc está procurando?

Revista Atrevida

TV e Séries

Arón Piper e Miguel Bernardeau falam sobre suas últimas cenas em “Elite”: “Comecei a chorar como uma criança”

Os intérpretes de Ander e Guzmán contam como foi a gravação e se despedem da série

aron piper e miguel bernardeau falam sobre suas ultimas cenas em elite
Arón Piper e Miguel Bernardeau falam sobre suas últimas cenas em "Elite" (Divulgação/ Netflix)

A série “Elite” sofreu algumas mudanças em seu elenco no decorrer das temporadas. Aliás, na quarta temporada, Arón Piper (Ander) e Miguel Bernardeau (Guzmán), dois dos personagens originais, deixaram a série.

Para se despedir da série, os dois atores fizeram um vídeo, publicado pela Netflix, no qual eles contam como foi gravar as últimas cenas e se despedem de “Elite”. Miguel, que viveu Guzmán, disse que foi muito emocionante e Arón, intérprete de Ander, comentou que a série foi uma grande jornada em sua vida.

“Muito longa, muito dificil, mas muito enriquecedor, na verdade, e uma grande oportunidade, uma janela para o mundo para nós do elenco… como uma família”, completou Arón. “Tem sido estranho me despedir de toda a equipe e gravar a última cena sabendo que estava acabando”, disse Miguel.

Aliás, os dois atores terminaram as gravações juntos e, por isso, toda a equipe os aplaudiu no fim. “A última sequência que gravei foi devastadora, comecei a chorar como uma criança. Todos nos aplaudiram, porque era a última de Miguel também, terminamos ao mesmo tempo. Uma etapa termina e outra começa”, comentou. “Eu cresci muito com o meu personagem e com a série”, finalizou Miguel.

Confira o vídeo de Arón Pipere Miguel Bernardeau:

Despedida de Miguel Bernardeau

Além disso, vale lembrar que o intérprete de Guzmán já havia se despedido e mandou um recado para os fãs de “Elite”. “Para as pessoas que já assistiram ao final de Elite 4, quero me despedir e mandar um grande beijo”, começou o ator no vídeo de despedida. “Acima de tudo, obrigado ao Guzmán, que me mostrou que não importa quem você é ou onde está, nunca é tarde demais para mudar.”

“Gravar a série não foi fácil, mas foi uma experiência incrível, muito construtiva. Sinto-me muito agradecido pela Netflix ter me dado essa oportunidade. Adeus”, disse Miguel. Confira o vídeo completo: