Fale conosco

O que você está procurando?

Revista Atrevida

Livros

4 livros vampirescos para se aventurar nas férias!

Não fique entediado nessas férias e se aventure com estes livros!

4 Livros vampirescos para se aventurar nas férias!
4 Livros vampirescos para se aventurar nas férias! (Reprodução)

Final de ano chegando e, junto dele, as esperadas férias. É o momento de descansar, assistir filmes, viajar com a família e claro, ler um bom livro. Para ajudar nessa missão, a Disal fez uma seleção com obras para os corajosos se arrepiarem com livros vampirescos!

Conhecidos pela palidez, caninos afiados e olhos vermelhos, os vampiros são seres mitológicos que, segundo algumas lendas, se levantam do túmulo à noite para se alimentarem de sangue humano. Aliás, o termo se tornou popular no início do século XIX, mas os anos foram passando e o aumento das superstições vampíricas na Europa levou a uma histeria coletiva. E isso acabou resultando em casos na perfuração de cadáveres com estacas e acusações de vampirismo.

Em 1897, surge o romance literário de Bram Stoker, Drácula. O sucesso da obra deu origem a um gênero distinto de vampiro, ainda popular no século XXI, com livros, filmes, jogos de vídeo game e programas de televisão. Até os dias de hoje, o vampiro é uma figura de muito sucesso.

Confira estes quatro livros vampirescos para curtir nas férias!

“Buffy – A caça-vampiros e a filosofia” – William Irwin

O vampiro é um ícone presente nos dias de hoje, e tem sido assim há milênios. A cultura popular, especialmente a televisiva, tem se valido deste “ser” para alavancar os índices de audiência de seus programas. Assim, temos Buffy, a história de uma caça-vampiros e, consequentemente, dos vampiros por ela caçados.

“Diários do vampiro – O Retorno – Meia-noite” – L. J. Smith

J. Smith conquistou uma legião de fãs com “Diários do Vampiro”, que ultrapassou a impressionante marca de um milhão de exemplares vendidos somente no Brasil. Além da série de TV homônima, deu origem a uma espécie de subsérie. O retorno, novas aventuras centradas nos mesmos personagens, mas em outro intervalo temporal, chega ao final neste terceiro volume. Meia-noite continua a trama iniciada em “Almas Sombrias’‘. Assim, Elena mal pode acreditar que conseguiu resgatar Stefan da terrível prisão em que ele se encontrava, desesperado e à beira da loucura, mas tal resgate teve um custo muito alto.

“O amor do vampiro” – Eliana Gomes Clementino

Esta é uma história que envolve a figura de Conde, um ser misterioso, pois em seu povoado todos envelheciam, mas ele continuava extremamente belo e sedutor. Por onde passava, as mulheres suspiravam por ele, não apenas por sua beleza, mas por seu olhar profundo e sedutor e, especialmente, pela atenção que dedicava às mulheres da localidade, o que causava grande ciúme aos maridos.

A trama também envolve o jovem Istvan, que, com a morte de seu pai, foi adotado por Conde. O jovem vivia uma vida normal até que conheceu Mary, filha de camponeses, por quem apaixonou-se perdidamente. Além disso, a vida pacata do povoado dessa história foi transformada a partir do desaparecimento de várias mulheres, da morte de animais aparentemente provocada por lobos e pela caça às bruxas, promovida pela Inquisição.

“Drácula” – Bram Stoker

Por fim, “Drácula” é um clássico da literatura de terror e apresenta por meio de cartas, diários e notícias os ataques do vampiro Conde Drácula a moradores de Londres e da Transilvânia. O romance epistolar marcou o gênero e, mesmo não sendo a primeira obra a retratar esse mito literário, definiu o que conhecemos hoje como vampiro, influenciando a literatura, cinema e teatro.