Fale conosco

O que você está procurando?

Revista Atrevida

Música

Zayn abre o coração, mas não abandona a sensualidade em “Nobody Is Listening”

zayn-abre-o-coracao,-mas-nao-abandona-a-sensualidade-em-“nobody-is-listening”

Novo disco do cantor foi disponibilizado nesta sexta-feira (15), e conta com 11 faixas

Zayn Malik acaba de lançar seu terceiro álbum solo, intitulado “Nobody Is Listening”. O disco, que chegou nas plataformas musicais nesta sexta-feira (15), já havia sido antecipado pelo artista há alguns dias.

Ele é o sucessor do aclamado “Mind of Mine”, de 2016, e o polêmico “Icarus Falls”, de 2018 – ambos lançados após a saída do britânico do grupo One Direction, que revelou sua carreira. 

 

O novo álbum conta com 11 faixas, algo que já o diferencia dos trabalhos anteriores de Zayn. O “Icarus Falls”, por exemplo, possui quase 30 faixas, o que fez com que o artista recebesse uma avaliação não tão boa pela crítica especializada.

+++LEIA MAIS: Internautas especulam que nova música de Zayn esteja indicando noivado entre o cantor e Gigi Hadid; entenda!

O primeiro single que Zayn revelou deste novo trabalho foi “Better”, lançado em 2020 após o nascimento de sua primeira filha com a modelo Gigi Hadid. A música já antecipava o estilo romântico que o álbum trouxe, com bastante R&B.

Já na primeira faixa do álbum, Malik prova que está disposto a levar os ouvintes para reflexões mais profundas, com letras falando sobre sentimentos complexos e, é claro, românticos.

A narrativa romântica continua em boa parte do disco, principalmente nas faixas “Outside”, “Tightrope” e “When Love’s Around”. A última é, inclusive, uma das parcerias que o cantor trouxe para o CD e conta com a voz da rapper Syd. Somada ao de Malik, o resultado é uma balada gostosinha, no maior estilo R&B.

+++LEIA MAIS: Olivia Rodrigo ouve “Drivers License” pela primeira vez no rádio e tem reação emocionante; veja!

E parece que Zayn também quis agradar a audição dos fãs que o acompanhava no One Direction na faixa “Outside”, onde ele coloca suas famosas high notes para jogo – algo que era característico do cantor dentro do grupo. 

O lado sensual do britânico não fica de fora, é claro. Seguindo o que ele fez em “Pillowtalk”, um dos maiores singles de sua carreira, Zayn mostra que é um homem sexy nas faixas “Sweat” e “Windowsill”, outra colaboração do disco, agora com o rapper Devlin. A única faixa que foge da proposta é “Connexion”. Curiosamente, ela se desconecta com o restante e dá uma quebrada no ritmo proposto pelo artista.

+++LEIA MAIS: Any Gabrielly revela aspirações para o futuro e projetos com Now United; confira!

A narrativa coesa criada no álbum segue até as duas últimas canções que, diferente do restante, contam com violão e guitarra acompanhando a voz de Zayn. Em “Tightrope”, a penúltima faixa, o artista novamente faz uma referência às suas origens, com um trecho sendo cantado em árabe.