Fale conosco

O que você está procurando?

Revista Atrevida

Música

Veja a reação da crítica ao álbum “Fearless” com regravações de Taylor Swift

Disco foi lançado pela cantora na última sexta-feira (9)

Taylor Swift na época do lançamento original de "Fearless"
Taylor Swift na época do lançamento original de "Fearless" (Getty Images)

Taylor Swift está vivendo um momento de sucesso gigantesco na indústria. A artista foi uma das grandes vitórias no Grammy 2021, e agora vem sendo aclamada pela crítica após o lançamento de “Fearless (Taylor’s Version). O disco conta com regravações feitas por ela de grandes singles de sua carreira.

Este disco marca o início da jornada da artista de regravar todo o seu catálogo de álbuns que foram lançados em sua gravadora anterior. A intenção de Taylor Swift com as regravações é recuperar o direito de suas canções após elas terem sido compradas por Scooter Braun no ano passado.

Lançado na sexta-feira (9), o “Fearless (Taylor’s Version)” garantiu uma boa recepção da crítica para Taylor Swift. Na plataforma Metacritic, por exemplo, o disco está com a nota 87 baseada no texto de críticos. A versão original do disco, lançada em 2008, tem uma nota de 73.

Recepção da crítica ao “Fearless”, com regravações de Taylor Swift

Para o jornalista Alexis Petridis, que é crítico no “The Guardian”, o “Fearless” com as regravações de Swift possui uma “semelhança próxima” com a versão original – o que foi um acerto.

“É tentador sugerir que a letra de Fearless pode assumir um tom diferente cantada por uma mulher agora na casa dos 30 anos, mas as novas gravações militam contra isso”, escreveu ele.

“Tentar comparar essas novas gravações com as originais é irritante. A produção é um pouco mais brilhante? O vocal dela está um pouco mais avançado na mixagem? Mas obviamente essa semelhança próxima era o objetivo”, finalizou.

Já no site NME, especializado em música, Taylor recebeu uma nota 4 de 5 pela jornalista Hannah Mylrea. “Ouvir o álbum inteiro tem um efeito semelhante a ler um velho diário – especialmente porque essas músicas são impregnadas de nostalgia devido ao destaque no primeiro lançamento: elas foram tocadas em todos os lugares”, disse.

‘You Belong With Me (Taylor’s Version)’, que poderia ser o modelo para canções do século 21 sobre romances adolescentes não correspondidos, é recheada de referências ao ensino médio e está repleta de anseios juvenis – mas Swift nunca se esquiva de seu eu mais jovem. Em vez disso, ela revisita as músicas com gentileza e carinho, celebrando o sucesso de seus lançamentos adolescentes”.

É só sucesso, Taylor!