Fale conosco

O que você está procurando?

Revista Atrevida

Música

Pussycat Dolls tem turnê de reunião cancelada e integrantes descobrem via Instagram; entenda!

Anúncio inicial foi feito por Nicol Scherzinger

Pussycat Dolls tem turnê de reunião cancelada e integrantes descobrem via Instagram; entenda!
Pussycat Dolls tem turnê de reunião cancelada e integrantes descobrem via Instagram. (Créditos: Getty Images)

Na última sexta-feira, 7, o Instagram oficial das Pussycat Dolls anunciou que a turnê de reunião do grupo havia sido cancelada. Entretando, Carmit Bachar e Jessica Sutta revelaram que só descobriram a informação após ver a publicação feita no perfil da Nicole Scherzinger. Mas, ué?

“Obrigado a todos que compraram ingressos para ver o Pussycat Dolls — agradecemos muito o seu apoio e lealdade”, escreveu a cantora em seu Instagram, em primeiro lugar. “Com as circunstâncias em constante evolução em torno da pandemia, entendo a decisão de que as datas da turnê tiveram que ser canceladas”, continuou Nicole. 

“Investi uma enorme quantidade de tempo, energia criativa e minhas próprias finanças para trazer este projeto de volta à vida e, embora esteja naturalmente incrivelmente triste com essa decisão, também estou muito orgulhosa do que conseguimos alcançar no curto período de tempo que tivemos juntos antes do COVID”, completou. “Não consigo colocar em palavras a quantidade de amor, admiração e gratidão que tenho pelas outras garotas do grupo e pelos fãs que nos apoiaram”, publicou, por fim.

De acordo com Sutta e Bachar, a informação sobre o cancelamento da turnê não havia sido discutida com elas antes do anúncio para os fãs. Por isso, elas também usaram seus perfis no Instagram para desabafar sobre o ocorrido.

“Queremos dizer como estamos incrivelmente desapontadas ao saber do anúncio feito no Instagram de que a turnê de reunião das Pussycat Dolls foi cancelada. Até agora, não houve nenhuma notificação oficial disso. De qualquer forma, parece que é o fim de um capítulo para uma experiência incrível e transformadora, cheia de memórias incríveis pelas quais seremos eternamente gratos”, escreveram. 

Nicole Scherzinger vira alvo de processo milionário após recusar turnê das Pussycat Dolls

As coisas não estão nada boas para o lado de Nicole Scherzinger, ex-Pussycat Dolls que recusou um possível retorno do girlgroup para uma turnê. Isso porque a fundadora do grupo, Robin Antin, está processando Nicole por ir contra um acordo feito em 2019.

Nos documentos divulgados pelo E! News, Antin afirma que negociou a ideia com Scherzinger por dois anos. Aliás, ela chegou a receber 600 mil dólares (cerca de 3 milhões de reais) da Live Nation, o que indicaria o acordo com a cantora.

Além disso, de acordo com o processo, as duas chegaram em um acordo, em fevereiro do 2019. Dessa forma, Nicole se apresentaria na tal turnê de reunião, tendo que cumprir até 45 apresentações ao vivo. Com esse acordo, a cantora receberia 49% das ações e lucros dos novos ganhos das Pussycat Dolls, deixando 51% para Antin.

Entretanto, o contrato previa que os shows começariam em 2019 — planejamento que mudou por conta da pandemia do novo coronavírus. As datas chegaram a ser remarcadas para maio e junho deste ano na Europa, mas com o aumento do contágio no continente, as datas foram reprogramadas de novo.

Pedido de mudança no contrato

Então, em abril deste ano, Nicole Scherzinger entrou com um pedido para modificar o acordo anterior, pedindo 75% das ações da PCD Worldwide, empresa das Pussycat Dolls. Dessa forma, ela iria ter o “controle criativo completo” e seria a “autoridade de tomada de decisão final”.

A princípio, o pedido vinha com a justificativa que a marca pessoa de Nicole estava crescendo e ela teria que abrir mão de várias oportunidades para entrar no projeto. Entretanto, a equipe de Antin foi contra o pedido, dizendo que ela já estava “contratualmente obrigada” a cumprir com o que ela acordou.

Nicole Scherzinger fora da turnê de reunião

Posteriormente, a cantora chocou todos ao anunciar que não iria participar da turnê de retorno. Dessa forma, a turnê passou a chamar menos atenção e, consequentemente, perder investimentos. Posteriormente, a Live Nation pediu os 600 mil dólares de volta.

“As datas da turnê foram planejadas, mas não podem ser confirmadas por causa da extorsão de Scherzinger”, afirma o processo.

Então, Antin quer que Nicole Scherzinger pague uma indenização que inclua todo o dinheiro perdido por essa decisão da ex-Pussycat Dolls.