Fale conosco

O que você está procurando?

Revista Atrevida

Música

Nicole Scherzinger vira alvo de processo milionário após recusar turnê das Pussycat Dolls

Fundadora do grupo, Robin Antin, quer que a cantora pague indenizações pela perda de investimento causada por sua decisão

Nicole Scherzinger vira alvo de processo após recusar turnê das Pussycat Dolls
Nicole Scherzinger vira alvo de processo após recusar turnê das Pussycat Dolls. (Getty Images)

As coisas não estão nada boas para o lado de Nicole Scherzinger, ex-Pussycat Dolls que recusou um possível retorno do girlgroup para uma turnê. Isso porque a fundadora do grupo, Robin Antin, está processando Nicole por ir contra um acordo feito em 2019.

Nos documentos divulgados pelo E! News, Antin afirma que negociou a ideia com Scherzinger por dois anos. Aliás, ela chegou a receber 600 mil dólares (cerca de 3 milhões de reais) da Live Nation, o que indicaria o acordo com a cantora.

Além disso, de acordo com o processo, as duas chegaram em um acordo, em fevereiro do 2019. Dessa forma, Nicole se apresentaria na tal turnê de reunião, tendo que cumprir até 45 apresentações ao vivo. Com esse acordo, a cantora receberia 49% das ações e lucros dos novos ganhos das Pussycat Dolls, deixando 51% para Antin.

Entretanto, o contrato previa que os shows começariam em 2019 — planejamento que mudou por conta da pandemia do novo coronavírus. As datas chegaram a ser remarcadas para maio e junho deste ano na Europa, mas com o aumento do contágio no continente, as datas foram reprogramadas de novo.

Pedido de mudança no contrato

Então, em abril deste ano, Nicole Scherzinger entrou com um pedido para modificar o acordo anterior, pedindo 75% das ações da PCD Worldwide, empresa das Pussycat Dolls. Dessa forma, ela iria ter o “controle criativo completo” e seria a “autoridade de tomada de decisão final”.

A princípio, o pedido vinha com a justificativa que a marca pessoa de Nicole estava crescendo e ela teria que abrir mão de várias oportunidades para entrar no projeto. Entretanto, a equipe de Antin foi contra o pedido, dizendo que ela já estava “contratualmente obrigada” a cumprir com o que ela acordou.

Nicole Scherzinger fora da turnê de reunião

Posteriormente, a cantora chocou todos ao anunciar que não iria participar da turnê de retorno. Dessa forma, a turnê passou a chamar menos atenção e, consequentemente, perder investimentos. Posteriormente, a Live Nation pediu os 600 mil dólares de volta.

“As datas da turnê foram planejadas, mas não podem ser confirmadas por causa da extorsão de Scherzinger”, afirma o processo.

Agora, Antin quer que Nicole Scherzinger pague uma indenização que inclua todo o dinheiro perdido por essa decisão da ex-Pussycat Dolls. Além disso, o caso deve ir para a justiça.

Até o momento, Nicole não se pronunciou sobre o assunto