Fale conosco

O que você está procurando?

Revista Atrevida

Música

Miley Cyrus entra para o Hall da Fama da Forbes

Cantora fez parte da seleção anual de 30 personalidades em destaque

Miley Cyrus entra para o Hall da Fama da Forbes
Miley Cyrus entra para o Hall da Fama da Forbes. (Getty Images)

Bateu na trave, mas foi gol: logo antes de completar 30 anos, nossa querida Miley Cyrus foi homenageada na lista da Forbes de 30 under 30. Anualmente, a revista destaca pessoas de menos de 30 anos que se destacaram em diversas áreas de atuação.

A cantora, que foi esnobada do Grammy, apareceu na capa da edição de 2021, mencionada como “a realeza do pop” e a consagrando no Hall da Fama. “Se eu sei que terá uma ótima recompensa em tomar ótimos riscos, eu geralmente farei”, disse Miley para a entrevista de capa. É isso aí!

A cantora também agradeceu nas redes sociais pela homenagem e afirmou: “eu fiz 29 anos na semana passada. Era agora ou nunca. Obrigada por essa honra”. Fofa!

Nos bastidores, conseguimos ver a dona do “Plastic Hearts” falando um pouco sobre gratidão, sua relação com os fãs e a pandemia. Veja um trecho a seguir:

“Compor é a maior alegria que tenho na minha vida, é meu elemento favorito dentro que faço. Sou grata todos os dias pelo fato de que eu escrevo músicas para viver (…) Nunca me esqueço de como sou sortuda. Ficar longe dos meus fãs por tanto tempo desde os 12 anos, quase dois anos separados… a pandemia meio que reacendeu aquela faísca de novo em mim.”

Enfim, confira o vídeo de Miley Cyrus nos bastidores do photoshoot da Forbes:

Miley Cyrus realiza discurso empoderador durante festival de música

Ela não cansa de nos surpreender, não é mesmo? E dessa vez a cantora resolveu abrir o coração com os fãs durante sua apresentação no BottleRock Napa Valley Festival.

No intervalo de uma das canções, a ex-Disney começou a falar para o público sobre alguns acontecimentos que foram marcantes em sua vida. Assim, antes de emprestar os vocais para o cover de “Maybe”, canção originalmente de Janis Joplin, a diva disse:

Essa música, para mim, se relaciona com as mudanças que tenho experimentado em minha vida, e as coisas que perdi voltaram no que eu nunca soube que queria ou precisava ganhar. Mesmo que às vezes pareça que temos que começar do nada, como com o incêndio da casa, e reconstruir completamente. Aquele incêndio foi há quase três anos e estou sentindo que estou começando a encontrar minha estabilidade agora. E então eu quero que todos tenham pacientes – nada que valha nada acontece durante a noite, é preciso muito esforço e resiliência.

E completou: “Eu tinha a teoria de que morreria se não tivesse um parceiro. Se eu não tivesse alguém para me beijar todas as noites. Mas então esse era o meu propósito, mas saiu de mim durante o COVID, então eu encontrei um novo propósito e essa é a música que é a cola dos últimos dois anos e era o que me manteve fortes na época.”