Fale conosco

O que vc está procurando?

Revista Atrevida

Música

Luísa Sonza compara sua música “Braba” com o feminismo: “Talvez ser braba seja isso, apenas ser mulher”

luisa-sonza-compara-sua-musica-“braba”-com-o-feminismo:-“talvez-ser-braba-seja-isso,-apenas-ser-mulher”

A cantora deu uma entrevista e comentou sobre o sucesso de sua música e a inspiração para as mulheres serem fortes

Atualmente, Luísa Sonza é um dos maiores sucessos do pop e funk brasileiro e não é para menos. Além das músicas incríveis, a cantora também é traz muito sobre o feminismo e a luta das mulheres em suas redes sociais. Luísa foi capa da revista Marie Claire, lançada nesta terça-feira, 2, e deu uma entrevista sobre seu sucesso e os planos para o futuro.

+++LEIA MAIS: Luísa Sonza divulga bastidores de “Modo Turbo” ao lado de Anitta e Pabllo Vittar; confira o vídeo!

“Braba” se tornou um sucesso e a cantora comentou como a música, lançada em março de 2020, foi importante para a sua carreira: “Foi uma grande virada de chave na minha vida. ‘Braba’ tornou-se a música solo mais tocada no Brasil, e eu vi que tinha chegado a algum lugar”, disse.

Ela aproveitou para relacionar a música com o feminismo, que está muito presente em sua vida e tenta mostrar a força e a voz de cada mulher: “Não existe uma mulher no mundo que não seja forte. Talvez ser braba seja isso, apenas ser mulher”, disse na entrevista.

+++LEIA MAIS: Luísa Sonza sai em defesa da namorada de Whindersson após anúncio de gravidez

Luísa também comentou que sua maior inspiração para fazer música são as mulheres: “Quero que as pessoas sintam o que está dentro delas. Eu não faço música para mim, faço para elas […] Sou impulsiva em alguns momentos como qualquer pessoa, mas no geral penso muito antes de cada passo que vou dar. […] Acho que a gente faz tudo da melhor maneira que pode, então não tem por que se arrepender de nada”.