Fale conosco

O que você está procurando?

Revista Atrevida

Música

Hyunjin, do Stray Kids, aparece em vídeo vazado e fãs vão à loucura

Rapper coreano está afastado desde o dia 27 de fevereiro

Hyunjin, do Stray Kids, aparece em vídeo vazado e fãs vão à loucura
Hyunjin, do Stray Kids, aparece em vídeo vazado e fãs vão à loucura. (Reprodução/Twitter)

É isso mesmo: temos conteúdos inéditos de Hyunjin, do Stray Kids, quase quatro meses depois do seu sumiço. Nesta quarta-feira, 23, o rapper do grupo coreano apareceu em um vídeo vazado de uma campanha publicitária da qual estava participando antes do hiato.

A aparição, mesmo que não oficial, alegrou os fãs do grupo, que não têm nenhuma notícia nova de Hyunjin desde o fim de fevereiro. Nesse sentido, o nome do rapper coreano parou entre os trending topics do Twitter. Enfim, confira o vídeo:

Aliás, vale destacar que o vídeo vazado era a publicidade original antes do hiato de Hyunjin. Posteriormente, a campanha sofreu uma edição e a empresa envolvida apagou todas menções ao rapper das redes sociais.

Afinal, Stay, gostaram do conteúdo novo com nosso querido Hyunjin, oitavo integrante do Stray Kids?

Entenda o hiato

No dia 27 de fevereiro, os fãs de Stray Kids receberam a notícia de que Hwang Hyunjin estava “interrompendo suas atividades” dentro do grupo por tempo indeterminado. Isso aconteceu depois do rapper ser acusado falsamente de bullying durante seu período na escola.

Antes do hiato, a JYP Entertainment publicou uma nota de esclarecimento sobre a polêmica do integrante e Hyunjin compartilhou uma carta escrita a mão. Entretanto, as coisas começaram a dar errado quando internautas coreanos começaram a pedir a saída do rapper do grupo. Ainda, a empresa Clio, responsável por um dos maiores contratos de publicidade dos meninos, suspendeu as campanhas com eles.

“Ele lamenta sinceramente ter magoado muitas pessoas com suas palavras inadequadas durante seus anos de ensino médio. Ele gostaria de se desculpar sinceramente com aqueles que foram feridos e fará o possível para ajudá-los a curar suas feridas”, escreveu a JYP, na época do ocorrido.

Além disso, é importante destacar que acusações de violência escolar e escândalos de bullying são levados muito a sério na Coréia do Sul, por conta do estilo do sistema educacional do país.