Fale conosco

O que vc está procurando?

Revista Atrevida

Música

Eita! Taylor Swift entra com ação judicial contra parque de diversões que a processou; entenda!

eita!-taylor-swift-entra-com-acao-judicial-contra-parque-de-diversoes-que-a-processou;-entenda!

Parque de diversões acusa a cantora de violar direitos de marca registrada

Parece que Taylor Swift não tem descanso nem mesmo depois de trocar de gravadora, não é mesmo? Isso porque desta vez a cantora está sendo processada pelo parque de diversões Evermore Park, que fica em Utah, nos Estados Unidos, que alega que a cantora violou os direitos de marca registrada do empreendimento de entretenimento. Tenso, né?
 
+++LEIA MAIS: Eita! Taylor Swift enfrenta processo por conta do nome de seu último álbum, “Evermore”; entenda!
 
Mas a loirinha não deixou barato essa acusação, e entrou logo com uma ação judicial contra o parque de diversões também. 
 
Mas Atrê, como isso tudo começou? A gente te explica: Segundo o site Pitchfork, a ação judicial do parque não conta com apenas uma alegação, mas várias. Isso porque o Evermore Park alega que o último álbum da artista inibe a busca do parque de diversões no Google por conta da enorme visibilidade da cantora e que Tay estaria se aproveitando das ações de marketing do comércio em questão.

 
Outro ponto marcante nas alegações do parque foi a reivindicação financeira de 2 milhões de dólares como indenização da cantora em relação à comercialização de produtos com o nome “Evermore” estampado em produtos de seu site oficial. 

+++LEIA MAIS: Sucesso! Taylor Swift emplaca 8 álbuns na lista da Billboard 200 simultaneamente; entenda!
 
Contudo, os advogados de Swift afirmam que as acusações são inválidas, já que o Evermore Park poderia estar se aproveitando do sucesso do disco da cantora para se promover. E não é que isso de fato aconteceu?
 
Segundo informações exclusiva da Billboard, o empreendimento de entretenimento realmente utilizou várias canções de Swift sem pagar pelas devidas licenças de reprodução, violando integralmente os direitos autorais da cantora. Ah, e vale ressaltar algo: isso tudo muito antes de qualquer ação judicial entrar na história.
 
E ao que tudo indica, não foi só a Taylor que teve seus hits utilizados sem permissão, mas Katy Perry, Britney Spears e Nirvana também.
 
Que climão, né?