Fale conosco

O que você está procurando?

Revista Atrevida

Música

Criador do Now United, Simon Fuller, fala sobre a próxima geração de membros: “Manter a mensagem jovem e relevante”

criador-do-now-united,-simon-fuller,-fala-sobre-a-proxima-geracao-de-membros:-“manter-a-mensagem-jovem-e-relevante”

O empresário contou que o grupo continuará crescendo e comentou sobre a relação especial com os fãs

Recentemente Nour Ardakani foi selecionada como 16ª integrante Now United, representando o Líbano e parece que o grupo não vai parar de crescer. Sobre isso, o próprio criador, Simon Fuller, comentou sobre o desejo de ver o NU evoluir ainda mais.

+++LEIA MAIS: Simplesmente tudo! Now United arrasa com apresentação de “Feel It Now” no palco do Meus Prêmios Nick!

Em entrevista à revista Exame, Simon garantiu: “Estou animado para ver a jornada do Now United continuar a evoluir. Nossa base de fãs está crescendo rapidamente em todo o mundo. Continuamos a adicionar mais membros de novos países e já estamos pensando na próxima geração de membros do Now United que surgirão nos próximos anos para manter a mensagem do Now United jovem e relevante”.

O empresário também comentou sobre a importância dos fãs na jornada atual e futura do Now United: “Nossos fãs, apaixonados e incríveis, ‘Uniters’ são tudo para nós. Eles são mais do que fãs, eles são o nosso futuro. Eu posso imaginar um dia em que o mais talentoso dos nossos fãs possa realmente se juntar ao grupo como membros oficiais. Isso seria incrível”.

+++LEIA MAIS: Now United leva dois Zeppies para casa no Meus Prêmios Nick 2020!

Além do sucesso no mundo todo, o grupo tem uma legião de fãs no Brasil. Simon enxerga como a relação com eles é especial e revelou que pretende voltar em breve: “Tivemos a sorte de visitar o Brasil bem no início da jornada do Now United. A conexão foi imediata e poderosa (…) Tivemos orgulho de realizar nossos primeiros shows ao vivo no Brasil, nossa relação com o país é significativa e profunda. Assim que a pandemia permitir, retornaremos imediatamente ao Brasil, é nosso foco e prioridade número 1. Mal podemos esperar para finalmente apresentar as datas que tivemos que adiar no início deste ano”