Fale conosco

O que vc está procurando?

Revista Atrevida

Música

Antonia Morais revela detalhes de seu novo álbum, “Luzia 20.20”

antonia-morais-revela-detalhes-de-seu-novo-album,-“luzia-20.20”

Cantora lança segundo projeto da carreira musical nesta sexta (18)

Antonia Morais está de volta ao mundo da música! A atriz e cantora lança nesta sexta-feira (18) “Luzia 20.20”, segundo álbum da carreira. Em entrevista exclusiva à Atrê, ela contou sobre o conceito do álbum, processo criativo, planos futuros e mais!

Diferente do antecessor “Milagros” (2015), “um grito de rebeldia” da artista, o novo álbum tem melodias mais leves e letras em português “sobre calma e maturidade”, todas de composição própria da cantora.“É o meu idioma, no qual falo, penso e vivo, então [essa mudança] é muito natural. Me sinto realizada”, conta a carioca. Mesmo com a vontade de fazer um trabalho em português há algum tempo, desde o lançamento do primeiro álbum, a experiência não veio sem desafios. “As pessoas te entendem e sabem o que você está falando, então é muito mais desafiador do que um trabalho em inglês onde a voz está toda distorcida e existe uma dificuldade maior de compreensão. Em português não existe muita barreira e você se sente mais exposta”, explicou. “É uma responsabilidade maior, mas me senti preparada para isso”. 

O processo de criação começou antes da pandemia, quando Antonia estava na cidade de Bonito, no Mato Grosso do Sul, e o disco foi finalizado durante a quarentena. “Foi uma coisa muito boa, porque talvez eu não tivesse tanto preciosismo se estivesse na rotina normal”, considerou. Com produção de Barbara Ohana e identidade visual de Gabriela Garcia, o álbum “foi feito e pensado por mulheres”.

+++ LEIA MAIS: Presença confirmada! Com novo formato, Larissa Manoela se apresentará no Meus Prêmios Nick 2020

Logo de cara, a escolha do título do álbum chama atenção. Quem é Luzia, afinal? Qual a relação com o ano de 2020? O nome sempre chamou atenção de Antonia, tanto pela força, quanto pelo significado de “emitir luz”. A decisão final foi motivada pela história do fóssil mais antigo da América do Sul, batizado com esse nome por pesquisadores, que foi queimado há dois anos, durante incêndio da Biblioteca Nacional, no Rio de Janeiro – e tem tudo a ver com a própria artista e o momento pelo qual o mundo passa.

“Achei muito simbólico pela história do renascimento das cinzas. Sempre faço isso na minha vida, estou sempre renascendo das cinzas e recomeçando as coisas. Me identifiquei muito com esse movimento de fênix”, contou. “E pensei que colocar ano de lançamento no nome seria contraditório, porque Luzia é um nome tão ancestral, ligado a esse fóssil, e 2020 é um número tão redondo, futurista”. 

A sonoridade do novo projeto, com faixas como “Gaivotas” e “Manhãs” não contrasta apenas com a identidade do álbum que apresentou a voz de Antonia ao mundo, mas também com o momento de incertezas no qual é lançado. “Nesse momento de tanto caos e tristeza, acho que é bom ouvir uma coisa alegre e calma que nos deixa reflexivo. A sonoridade leva para esse lugar de tranquilidade, embora não tenha sido proposital”, continua. “O som do álbum está ligado ao Brasil de tantas formas e as letras tão ligadas à nossa natureza, nossas paisagens”. 

+++ LEIA MAIS: Any Gabrielly, do Now United, revela que já perdeu oportunidades por racismo: “Não conseguia entender”

Luzia 2020 - conceito de Antonia Morais

Com uma família de artistas reconhecidos pelo público, filha da atriz Glória Pires e Orlando Morais, cantor e compositor, irmã de Ana Morais e Cleo, também cantoras, é inevitável questionar o tamanho da influência familiar nos trabalhos da artista. Antonia, porém, se descreve como “independente” e prefere respeitar os próprios processos de criação, sem compartilhar os projetos antes da hora. “É uma natureza minha, é minha forma de criar. Sou aquele tipo de pessoa que, quando viu, já fez! Mostro quando o resultado está pronto e todo mundo leva um susto”, define. “Gosto de entender meu processo, é uma forma de autoconhecimento também. Para mim, é importante errar e tomar o caminho errado. Minha família tem muita experiência e a visão deles, que pode interferir e me desviar do meu caminho”. 

Antonia não tem medo de comparações com os outros artistas da família. “Acho que o pessoal já entendeu, isso era mais no começo da minha carreira, quando eu era novinha”, comentou com bom humor. 

Para o futuro, ela certamente voltará para atuação, uma paixão que nunca saiu da vida de Antonia, e tem planos de intercalar com outras carreiras e interesses – não apenas resumido ao campo artístico. Aos 28 anos, a artista também se interessa por temas como medicina, física, matemática e business. “Não tenho como fazer uma coisa só, desde novinha ficou claro que eu faria mais de uma coisa na minha vida. Sempre fui muito criativa”, pensou. “Quando estou no palco, cantando, sou atriz também. E preciso atuar, amo fazer cinema, televisão e séries, sinto uma alegria incrível”. 
 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por ✞✞Tony Mo✞✞ (@antoniamorais) em