Fale conosco

O que você está procurando?

Revista Atrevida

Música

Academia retira indicação ao Grammy de cantor por trás de “Donda”, de Kanye West

Marilyn Manson teve sua participação em “Jail Pt. 2” substituída por Jay-Z

Academia retira indicação ao Grammy de nome por trás de "Donda", de Kanye West
Academia retira indicação ao Grammy de nome por trás de "Donda", de Kanye West. (Getty Images)

Nesta quinta-feira, 2, a Academia do Grammy revelou que retirou a indicação de Marilyn Manson ao prêmio que concorria por “Donda”, de Kanye West. De acordo com o New York Times, sua participação na faixa “Jail Pt. 2” foi desconsiderada e substituída pela de Jay-Z.

Dessa forma, ele perde as indicações ao Grammy em “Melhor Música de Rap” e uma das menções em “Álbum do Ano”, na qual ele ainda concorre por conta do feat com Kanye West.

Vale lembrar que tanto a participação quanto a indicação de Marilyn Manson por “Donda” são extremamente polêmicas. Afinal, no passado, o cantor de rock foi acusado de racismo, abuso físico e sexual. Aliás, Marilyn Manson sofreu acusações de mais de 15 mulheres

Kanye West chamou DaBaby e Manson para evento de “DONDA” por atenção, afirma fonte

Após causar polêmica por suas escolhas de companhia na nova listening party de “DONDA”, parece que finalmente sabemos os “motivos” de Kanye West. Em agosto, ele se apresentou em chicago ao lado de DaBaby, que teve falas homofóbicas divulgadas recentemente, e Marilyn Manson, cantor de rock acusado de racismo, abuso físico e sexual.

De acordo com uma fonte anônima, que conversou com o portal People, ele teria feito isso para “chamar a atenção”. “Ele sabe que ter figuras controversas por perto será provocativo e fará as pessoas falarem“, revelou a fonte, em primeiro lugar. “Ele sabe que as pessoas ficarão chateadas e que haverá reações e que as pessoas estão falando sobre isso hoje, quando não estariam se não fosse por isso“, afirmou, enfim.