Fale conosco

O que você está procurando?

Revista Atrevida

Livros

Conheça os lançamentos literários do mês de novembro

Obras apostam em fantasia, ficção e em inúmeras aventuras que prometem muitas emoções

Conheça os lançamentos literários do mês de novembro
Conheça os lançamentos literários do mês de novembro (Foto: Acervo)

Por Yasmin Altaras

Os lançamentos literários pipocam o tempo todo nas mais variadas editoras e prateleiras, com vários gêneros e histórias prontinhas para serem lidas, sentidas e muito mais.

Pensando nisso, a equipe da Atrê selecionou algumas obras que serão lançadas muito breve agora no mês de novembro e que prometem trazer muitas emoções a cada página. Aliás, vale lembrar que todas as obras já estão em pré-venda nos mais variados sites e livrarias. Então bora conferir?

O primeiro beijo de Romeu, de Felipe Cabral

Rio de Janeiro, 2019: Romeu está prestes a dar o seu primeiro beijo! Entre estantes e mais estantes de livros na biblioteca da escola, o mundo, para ele, começou a adquirir uma velocidade diferente. Ele está quase lá… até que não está mais. Seu quase primeiro beijo escapa antes mesmo de se tornar realidade quando subitamente, à força, é arrancado do armário para o colégio inteiro. 

Agora, tudo parece correr rápido demais. Mas, para amenizar os obstáculos do mundo lá fora, Romeu tem ao seu lado uma verdadeira rede de apoio na forma de uma trupe implacável, a começar pela sua companheira inseparável, a divertidíssima Julinha, sua melhor amiga, e, claro, seus pais coruja Tim e Samuca.

É então que, ainda tentando entender o que aconteceu na escola, outra surpresa desagradável: o livro de seu pai, com lançamento previsto para o dia seguinte na concorrida Bienal do Livro, acaba de ser censurado por ninguém mais, ninguém menos do que o Prefeito da cidade.

Em meio a incertezas, descobertas, um sorriso de canto e uma incontestável chamada à luta, esse fim de semana está longe de ser sossegado.  E tudo está só começando

Corrente de ferro (Vol. 2 As últimas horas), de Cassandra Clare

Em “Corrente de ferro”, a provocante sequência de “Corrente de ouro“,  os Caçadores de Sombras precisam deter um perigoso serial killer à solta pelas ruas de Londres. Mas os segredos que escondem podem levar a uma transformação inesperada.

O canto mais escuro da floresta, de Holly Black

Hazel e seu irmão, Ben, moram em Fairfold, uma cidade onde humanos e o Povo do Ar convivem pacificamente. Turistas visitam o lugar para testemunhar as maravilhas do Povo e o elemento mais maravilhoso ali, o garoto de chifres. Mas os visitantes nunca conseguem ver o perigo daquelas árvores.

Desde crianças, Hazel e Ben criam histórias sobre o garoto no caixão de vidro. Que ele é um príncipe e os dois são cavaleiros em sua guarda. Fingem e esperam, de todo o coração, que seu príncipe seja diferente das outras fadas, que fazem acordos cruéis, escondem-se nas sombras das árvores e amaldiçoam turistas…

Mas, à medida que cresce, Hazel vai deixando as histórias de lado. Ela sabe que o garoto de chifres nunca irá acordar. E então, um dia… ele acorda.

E tudo vira de cabeça para baixo. Hazel precisa se tornar o cavaleiro que um dia fingiu ser. Numa história de amor puro, lealdades que não se revelam e a pontada ferina da traição, a garota e seu irmão se perguntam se a coragem dos tempos de infância será suficiente para salvá-los.

De sangue e cinzas (Vol. 1), de Jennifer L. Armentrout

Prestes a completar 19 anos, Poppy se prepara para sua Ascensão. Quer dizer, Poppy é preparada para sua Ascensão, já que, como tudo mais em sua vida, ela não tem opção senão Ascender. Sendo a Donzela, ela será entregue aos deuses de qualquer forma, seja lá o que isso signifique.

Assim, destinada a salvar Solis dos Atlantes, que amaldiçoaram o reino com a criação dos terríveis Vorazes, Poppy não entende o que está por vir e nem sabe se está pronta para ser entregue aos tais deuses ou, ainda, se sequer deseja fazê-lo.

Além disso, privada de todas as escolhas, sendo inclusive obrigada a cobrir o rosto com um véu e impedida de conversar com qualquer pessoa além de uma dama de companhia designada pela Corte, Poppy leva uma vida solitária. Mas o que ela quer mesmo é lutar ao lado dos guardas e conseguir se proteger das criaturas que ameaçam o reino, as mesmas que mataram seus pais. Com um aliado secreto e uma habilidade rara, Poppy tem um vislumbre da vida que poderia ter se fosse livre do fardo de ser a Donzela.

Mas com a entrada de Hawke Flynn em sua vida, o mundo de Poppy vira de cabeça para baixo e ela corre o risco de ser arrebatada por tudo o que sempre lhe disseram ser proibido. Lançada em uma intrincada rede de mentiras, traições e desejo, ela vê todas as suas certezas começarem a ruir. Qual será o lado certo da história? Por fim, será que há mesmo um lado certo? Em meio a tantas reviravoltas e dilemas, o futuro de Poppy está cada vez mais incerto e perigoso, e a vida de dois reinos está em suas mãos.

Corte de espinhos e rosas (Vol. 1), de Sarah J. Maas

Ela roubou uma vida. Agora, deve pagar com o coração.

Dessa forma, nesse misto de “A Bela e a Fera” e “Game of Thrones“, Sarah J. Maas cria um universo repleto de ação, intrigas e romance. Dessa forma, depois de anos sendo escravizados pelas fadas, os humanos conseguiram se libertar e, agora, coexistem com os seres místicos. Cerca de cinco séculos após a guerra que definiu o futuro das espécies, Feyre, filha de um casal de mercadores, é forçada a se tornar uma caçadora para ajudar a família, afundada na pobreza. Após matar uma criatura feérica transformada em lobo, uma criatura bestial surge exigindo uma reparação.

Dessa forma, arrastada para uma terra mágica e traiçoeira — que ela só conhecia através de lendas —, a jovem descobre que seu captor não é um animal, mas Tamlin, senhor da Corte Feérica da Primavera. Assim, à medida que ela descobre mais sobre este mundo onde a magia impera, seus sentimentos por Tamlin passam da mais pura hostilidade até uma paixão avassaladora. Enquanto isso, uma sinistra e antiga sombra avança sobre o mundo das fadas e Feyre deve provar seu amor para detê-la… ou Tamlin e seu povo estarão condenados.

Então, gostaram das indicações literárias? 🙂