Fale conosco

O que você está procurando?

Revista Atrevida

Fashion

Moda vegana: como manter o estilo sem explorar os animais

A estilista e empresária ítalo-brasileira, Anne Garcia, fala sobre a importância da moda vegana para o meio ambiente

Moda vegana: como manter o estilo sem explorar os animais
Moda vegana: como manter o estilo sem explorar os animais. (Reprodução/Unsplash)

O veganismo é uma filosofia e estilo de vida adotado por aqueles que prezam pelo fim da exploração da vida animal pelo homem. Com isso, a moda vegana ganha cada vez mais espaço nos armários e é responsável por entregar roupas, calçados, acessórios, bijuterias e cosméticos sem o envolvimento de exploração ou morte animal, seja por meio de testes de laboratório ou emprego de matéria-prima animal.

Como uma forma de expressão, a moda vegana também é utilizada para demonstrar o respeito e cuidado pela natureza, animais e meio ambiente. Além disso, o estilo de vida contribui para o consumo consciente, visto que são usados produtos sustentáveis e que não causam danos ao planeta. Para a estilista e empresária ítalo-brasileira, Anne Garcia, a moda vegana proporciona inúmeras vantagens para o planeta. Além disso, ela preza pelo serviço realizado pelos funcionários com condições mais dignas, justas e humanas de trabalho.

Infelizmente, a indústria da moda ainda é responsável por causar muitos impactos negativos ao meio ambiente, utilizando matérias-primas de origem animal para as produções e descartando insumos derivados de petróleo na natureza”, pontua Anne. Para ela, o surgimento da fast fashion, que é a produção de roupas em grande escala, também é responsável por intensificar os prejuízos ao planeta. Afinal, há um descarte maior de peças e de forma irregular. 

“Uma das grandes vantagens da moda vegana é que ela é atemporal, com roupas que não saem de moda e que poderão ser utilizadas a qualquer momento. Isso é ótimo, pois as peças não são descartadas com facilidade”, explica a estilista. 

De acordo com a empresária, ao adotar a moda vegana no cotidiano, as pessoas contribuem diretamente para a preservação da natureza. Além disso, elas valorizam o trabalho artesanal. “Nós sempre devemos pensar naqueles que estão por trás das produções. Por isso, ao invés de contribuirmos para o trabalho exaustivo comprando de marcas que praticam a fast fashion, precisamos optar por empresas que entregam responsabilidade social e respeito pela natureza em seus propósitos”, pontua.

“Fico muito feliz quando vejo que o mercado da moda está se conscientizando sobre a importância de roupas e sapatos sustentáveis e sem nenhuma crueldade animal. Fico ainda mais orgulhosa quando vejo que as pessoas estão optando por marcas que respeitam o meio ambiente e os animais, mas é claro que ainda há um longo caminho a se alcançar. Por isso, pesquise bastante antes de fazer sua próxima compra e priorize as marcas que são a favor de causas que você acredite”, finaliza Anne Garcia.