Fale conosco

O que você está procurando?

Revista Atrevida

Cinema

“Shang-Chi 2”: Marvel confirma continuação do longa de sucesso

Sequência também será dirigida pelo Destin Daniel Cretton, cineasta do primeiro filme

"Shang-Chi 2": Marvel confirma continuação do longa de sucesso
"Shang-Chi 2": Marvel confirma continuação do longa de sucesso. (Divulgação/Marvel Studios)

Os fãs da Marvel já podem comemorar: “Shang-Chi 2” vai realmente acontecer e os estúdios da Marvel já confirmaram. A informação veio através do portal Deadline, que conversou com Destin Daniel Cretton, cineasta responsável pelo primeiro filme da franquia. Aliás, ele fechou um acordo com os estúdios para produzir vários conteúdos para o Disney+ e Hulu, além de “Shang-Chi”.

Para relembrar um pouco esse universo antes da chegada de “Shang-Chi 2”, vamos recapitular a sinopse do primeiro filme? Entçao vamos lá: Shang-Chi (Simu Liu), um jovem chinês criado por seu pai em reclusão e treinado em artes marciais. Quando ele tem a chance de entrar em contato com o resto do mundo, logo percebe que seu pai não é o humanitário que dizia ser, vendo-se obrigado a se rebelar.

Além de Simu Liu, o filme também é estrelado por Tony Leung, Awkwafina, Michelle Yeoh, Fala Chen, Meng’er Zhang, Florian Munteanu Ronny Chieng

“Shang-Chi” supera “Viúva Negra” e se torna a maior bilheteria de 2021 nos EUA

“Shang-Chi” se tornou o filme com maior bilheteria de 2021, em setembro, ao superar outra grande produção da Marvel “Viúva Negra”, nos cinemas norte-americanos.

Na época, era apenas a quarta semana que “Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis” estava em cartaz e desde sua estreia estava liderando a bilheteria da semana, com 196,4 milhões de dólares arrecadados, e ultrapassou “Viúva Negra” que até então liderava o ranking com 183,4 milhões de dólares.

O segundo filme que mais ganhou com bilheteria naquela semana semana foi “Querido Evan Hansen”, 7,5 milhões de dólares em sua semana de estreia. Em seguida, “Free Guy: Assumindo o Controle”, comédia com Ryan Reynolds US$ 4,1 milhões na última semana, sendo assim US$ 125 milhões, no total de sete semanas em cartaz.