Fale conosco

O que você está procurando?

Revista Atrevida

Cinema

Pedro David fala sobre carreira e “Fazendo Meu Filme”, em que interpreta Rodrigo; confira!

Ator, diretor, roteirista, produtor e criador de conteúdo fala sobre seus planos profissionais

Pedro David fala sobre carreira e “Fazendo Meu Filme'', em que interpreta Rodrigo
Pedro David fala sobre carreira e “Fazendo Meu Filme'', em que interpreta Rodrigo (Divulgação/Ieda Ribeiro)

Pedro David começou no teatro ainda criança, aos 8 anos de idade. O encantamento pelos palcos foi imediato e iniciou ali sua carreira. São mais de 20 peças no currículo, destaque no filme “Ela Disse, Ele Disse”, de Thalita Rebouças, curtas escritos e produzidos, a criação de uma produtora de audiovisual e, agora, o ator se prepara para a estreia de “Fazendo Meu Filme”, onde interpreta Rodrigo, um dos personagens principais da trama. Pedro David não esconde a felicidade e o orgulho por tantas conquistas.

“Quando recebi a notícia de que eu iria interpretar o Rodrigo em “Fazendo Meu Filme”, a minha primeira reação foi soltar um grito de felicidade! Desde a fase dos testes eu me conectei muito com o universo do filme, é uma oportunidade incrível”, comemora o ator.

“Podem esperar muita emoção, com certeza! É um filme leve, divertido e com bastante referências de música e cinema”.Revela sobre “Fazendo Meu Filme”.

Sobre Rodrigo, Pedro David conta que o filme vai trazer uma nova perspectiva do personagem. “Ele é um menino sensível, tímido e apaixonado pela Priscila, sua namorada. Nos livros de ‘Minha Vida Fora de Série’, onde o Rodrigo é protagonista, fica mais fácil de entender sua história e personalidade, mas em ‘Fazendo Meu Filme’ podemos ver um pouco da amizade dele com o Léo (Xande Valois) e a paixão pela Priscila (Kiria Malheiros)”, adianta.

Pedro David é só elogios para seus companheiros de jornada e toda a equipe que o ajudou na composição do personagem.

“Foi incrível! A preparação foi o momento que o elenco inteiro se conheceu e se conectou, nós formamos uma verdadeira família. Atuar ao lado de todo aquele elenco talentoso foi um verdadeiro presente na minha carreira.”

Aliás, “Fazendo Meu Filme” traz ainda Bela Fernandes, Giovanna Chaves, Samara Felippo, Pamela Tomé, Caio Paduan e Luca Ribeiro, entre outros.

Multitarefas

Ator, diretor, roteirista, produtor e criador de conteúdo. São tantas funções que, para Pedro David, só são possíveis se forem feitas com muito amor.

“Subir no palco é libertador! É o momento em que empresto o ‘Pedro’ para uma outra persona. Amo a magia do palco, foi através dele que eu comecei a minha carreira de artista”.

Pedro David também investiu em um canal no Youtube e lá lançou um curta que fala sobre um assunto muito importante e necessário na atualidade. “No final de 2020, decidi que queria fazer o meu primeiro filme. Fiquei pensando em um tema e o primeiro que veio na minha cabeça foi depressão, diz Pedro.

“Achei que seria importante dar visibilidade para este assunto durante a pandemia. Porém, sem câmera, aliado a meu pouco conhecimento de fotografia, sabia que seria muito difícil fazer esse filme sozinho. Foi aí que chamei o Lucas, um fotógrafo amigo meu e ele topou. A partir daí, viramos parceiros e produzimos outros filmes juntos”.

“Onde Está a Felicidade?” e o “Anteface” são dois curtas escritos e produzidos pelo artista que também criou uma produtora de filmes, mostrando que o lado empreendedor também está na veia.

“Vejo que a situação da arte no Brasil é muito complicada, ainda mais para quem não tem dinheiro e oportunidade, então criei a Artifex com o objetivo de dar visibilidade para jovens artistas e cineastas que estão começando suas carreiras”.

Futuro

Pedro David está sempre ligado nos principais assuntos do momento e busca uma forma de trazer para a pauta temas que mexem com o cotidiano de grande parte das pessoas. Com esse espírito empreendedor e consciência social, o artista leva para seu novo projeto a dificuldade do ensino a distância, ponto que tem sido muito discutido em todas as rodas de conversa.

“É uma comédia que eu escrevi sobre os desafios que jovens e professores têm enfrentado nas aulas on-line. Eu vou ficar responsável por dirigir o projeto e acredito que ele fique pronto até o final do ano”.