Fale conosco

O que você está procurando?

Revista Atrevida

Cinema

Diretora de Mulan justifica ausência de Mushu no live-action: “Comprometeria o realismo”

diretora-de-mulan-justifica-ausencia-de-mushu-no-live-action:-“comprometeria-o-realismo”

Filme dirigido por Niki Caro estreia na plataforma Disney+

O live-action de “Mulan”, da Disney, sofreu diversas críticas dos fãs da animação pela ausência de um personagem muito querido nos filmes originais. O dragão Mushu não está presente na nova adaptação cinematográfica, e a diretora Niki Caro voltou a explicar a decisão. 

O personagem foi substituído no pôster oficial por uma fênix. “Nesse filme, há uma criatura representativa – uma representação dos ancestrais, e mais especificamente da relação de Mulan com o pai. Mas uma atualização em Mushu? Não”, contou ao site Digital Spy em fevereiro. 

+++ LEIA MAIS: Fãs reforçam pedido para que Logan Lerman seja Poseidon no reboot de Percy Jackson

Em entrevista recente, Niki voltou a tocar no assunto. “Fomos muito inspirados pelo humor e leveza que Mushu trouxe ao desenho, e o desafio foi levar essas características para as relações reais de Mulan com os soldados”, explicou ao USA Today. “Mushu era confidente de Mulan, mas trazer isso ao live-action comprometeria o realismo da jornada, ela precisava criar laços com os outros soldados”. 

O filme estava previsto para chegar aos cinemas em março deste ano, mas teve o lançamento adiado devido à pandemia de coronavírus. Como ainda não há previsão para reabertura das salas de cinema, a estreia vai acontecer diretamente na plataforma de streaming Disney+, que chega ao Brasil em  17 de novembro de 2020. Nos países onde a plataforma já está disponível, “Mulan” estreia em 04 de setembro.