Fale conosco

O que você está procurando?

Revista Atrevida

Cinema

Conheça Carey Mulligan, atriz indicada ao Oscar de Melhor Atriz

Inglesa está concorrendo pela segunda vez por uma estatueta dourada

Carey Mulligan, indicada ao Oscar de Melhor Atriz por "Bela Vingança"
Carey Mulligan, indicada ao Oscar de Melhor Atriz por "Bela Vingança". (Crédito: Getty Images)

Por Amanda Oestreich

O final de semana mais importante para o mundo do cinema está chegando e que tal conhecer um pouquinho mais sobre Carey Mulligan, estrela de “Bela Vingança”, concorrendo ao Oscar de Melhor Atriz? O longa também está indicado para outras três categorias além dessa: Melhor Filme, Melhor Diretor e Melhor Roteiro Original.

“Bela Vingança” — com o título original “Promising Young Woman” — segue Cassie, personagem de Carey, enquanto ela caça predadores sexuais. Com um plano de fingir que está bêbada em bares para confrontar os homens que tentam se aproveitar dela.

Mas afinal, quem é Carey Mulligan?

Carey Mulligan nasceu em 28 de maio de 1985, em Londres, na Inglaterra. Enquanto era adolescente, frequentou uma escola católica apenas para meninas, que foi de onde, de acordo com ela, sua paixão por atuação começou.

Segundo Mulligan, esse amor pelo mundo dos holofotes cresceu depois que ela participou da peça “Sweet Charity” em seu último ano do Ensino Médio. Nesse meio tempo, Carey foi presidente do clube do teatro em sua escola. Poderosa, né?

Mulligan nas telonas

Sua primeira vez nas telonas aconteceu em 2005, quando ela tinha apenas 20 anos. Na época, Carey participou de “Orgulho e Preconceito” como Kitty Bennet, a irmã mais nova da personagem principal Elizabeth, interpretada por Keira Knightley. Inclusive, vale ressaltar que as duas atrizes viraram amigas próximas depois da gravação da adaptação da obra de Jane Austen.

Após sua estreia no cinema, Carey participou de séries como “Walking the Dead”, de 2007, na qual interpretou uma freira durante dois episódios da sexta temporada. Posteriormente, ela atuou em “Doctor Who”, no mesmo ano, fazendo o papel de Sally Sparrow.

Primeira indicação ao Oscar: o começo do sucesso de Carey

Embora muito falada por sua indicação ao Oscar 2021, essa não foi a primeira vez que a Carey Mulligan concorreu ao prêmio de Melhor Atriz. Em 2009, ela participou do filme “Educação”, ao lado de Rosamund Pike, de “Eu Me Importo”.

Entretanto, mesmo assim, a carreira de Carey Mulligan só cresceu do jeito que conhecemos atualmente em 2011. Naquele ano, ela estrelou “Drive”, filme que rendeu quase 15 milhões de dólares em bilheteria (aproximadamente 84 milhões de reais) junto com Ryan Gosling (“La La Land”). O longa foi esnobado do Oscar, mas acabou sendo premiado em outros eventos como o New York Critics Circle Awards, que inicia a temporada de premiações do cinema, e o próprio Globo de Ouro.

Posteriormente, Carey voou, aparecendo novamente em “O Grande Gatsby”, junto ao ilustre Leonardo Di Caprio, em 2013. Posteriormente, ela participou de “As Sufragistas”, de 2018, e “Vida Selvagem”, com Jake Gyllenhall e a roteirista Zoe Kazan — outra amiga pessoal da atriz.

Projetos pós-“Bela Vingança”

Por fim, vamos falar do que Carey ainda tem vindo pela frente. Agora, depois do lançamento e sucesso de “Bela Vingança”, Carey Mulligan já tem cinco projetos novos: a nova adaptação de Charles Dickens, “Um Conto de Natal”, no qual só usou sua voz; o longa “A Escavação”, lançado este ano; “2020: The Movie” e dois filmes ainda não lançados, intitulados “Maestro” e “Fingernails”, estimados para 2021 e 2022 respectivamente.

E aí, qual o seu filme favorito com a atuação da estrela de “Bela Vingança”?