Fale conosco

O que você está procurando?

Revista Atrevida

Cinema

Confira 10 atrizes que lutam por igualdade de gênero

confira-10-atrizes-que-lutam-por-igualdade-de-genero

Celebridades nacionais e internacionais se posicionam ativamente em causas feministas

O Dia Internacional da Mulher é comemorado no dia 8 de março e nós aqui da Atrevida não vemos data melhor para celebrar e homenagear todas aquelas que diariamente nos mostram que é importante, sim, as mulheres lutarem por mais igualdade de gênero.

Pensando nisso, nós fizemos uma lista com 10 atrizes conhecidas por suas participações na busca por um mundo mais justo de oportunidades e direitos para o sexo feminino. Então confira:

Emma Watson 

Nossa eterna Hermione Granger é embaixadora da Boa Vontade da ONU Mulheres e participa ativamente do movimento Time’s Up, que foca no combate da violência sexual e discriminação de gênero que ocorrem em Hollywood. Perfeita nossa bruxinha, né?

 

Jennifer Lawrence

Além de arrasar em todos os seus filmes, a atriz manda muito bem também quando o assunto é feminismo, isso porque a diva participou, em 2017, da coleção de outono da Dior, onde o tema principal era justamente “We All Should Be Feminists”, que significa “Todos nós deveríamos ser feministas”. E para quem é antenado no mundo literário deve saber que o nome da coleção de roupas faz menção direta ao discurso da escritora nigeriana Chimamanda Ngozi Adichie, no TEDx Houston. 

Outra ação da artista ocorreu em 2015, quando ela decidiu se pronunciar sobre os salários desiguais pagos às mulheres em Hollywood.

 

Viola Davis

Sim, a vencedora do Oscar e Globo de Ouro na categoria de Melhor Atriz Coadjuvante no filme “Um Limite Entre Nós” também está nessa lista! Isso porque Viola Davis é um dos principais ícones do feminismo negro, prova disso foi seu discurso na premiação do Emmy de 2015, onde foi a primeira mulher negra a levar para casa o prêmio mais aguardado da noite na premiação.

A única coisa que separa mulheres negras de qualquer pessoa é a oportunidade. Você não pode ganhar um Emmy por papéis que não existem. Então esse [prêmio] vai para todos os escritores, para as pessoas incríveis que redefiniram o que significa ser bonita, ser sexy, ser protagonista, o que significa ser negra”. Rainha demais, né?

 

Angelina Jolie

Conhecida por seus papéis inesquecíveis, Angelina Jolie é conhecida fora das telonas por atuar ativamente em causas humanitárias e recentemente com o feminismo. 

E em discurso realizado em 2018 durante a African Union Summit, a atriz se pronunciou sobre a violência contra as mulheres.

Há uma epidemia global de violência contra as mulheres – tanto dentro das zonas de conflito, quanto em sociedades pacificadas, mas isso ainda é tratado como um crime pequeno, de menor prioridade. Mulheres e meninas estão arcando com o ônus de extremistas que se deleitam em tratá-las de forma bárbara. Precisamos de políticas de segurança de longo prazo que sejam projetadas por mulheres, focadas nas mulheres e executadas por mulheres”, disse ela.

 

Lena Dunham

Conhecida por ser a criadora da série “Girls”, a atriz sempre se mostrou próxima do movimento feminista. E em 2016, em entrevista exclusiva à revista CLAUDIA, Lena se posicionou ao lado de outras atrizes no movimento Time’s Up.

“Acho ótimo que feminismo tenha se tornado uma palavra tão importante na cultura pop no último ano. Assim, ela fica na cabeça de mais pessoas. É muito bacana que todas essas mulheres tenham coragem de falar sobre suas crenças e experiências”, disse.

 

Meghan Markle

Sim, apesar de ser casada com o Príncipe Harry, Meghan Markle mostrou que não veio para seguir à risca todas as regras da realeza inglesa. E em 2018, nas vésperas de seu casamento com o antigo sexto integrante na linha de sucessão da monarquia britânica (lembrando que o casal se desligou do título e dos compromissos com a família real neste ano), a ex atriz se pronunciou no fórum do Royal Foundation sobre o empoderamento feminino. 

Eu escuto muitas pessoas dizerem quando falamos sobre o empoderamento das garotas, sobre elas encontrarem e terem conhecimento de seu valor, e com o empoderamento das mulheres também. Você ouve frequentemente as pessoas falarem, ‘Bem, você está ajudando as mulheres a encontrar suas vozes’. Eu fundamentalmente discordo com isso porque as mulheres não precisam encontrar uma voz, elas têm uma voz. Elas precisam se sentir empoderadas para usá-la e as pessoas precisam ser encorajadas a escutar“, disse ela. 

 

Bruna Marquezine

A mais nova contratada da Netflix é bem aberta ao falar de sororidade e feminismo. E em 2019 durante uma entrevista à revista Cidade Jardim, Bruna se abriu e falou sobre o movimento feminista na mídia.

O feminismo não deveria gerar tanta polêmica porque o conceito é basicamente o da igualdade de oportunidades, de direitos”, disse ela.

 

Maisa Silva

Pois é, a prima não poderia faltar por aqui, né? Isso porque quem acompanha minimamente a atriz e influencer nas redes sociais sabe que ela não poupa as palavras quando o assunto é falar sobre machismo.

 

Bruna Linzmeyer

Se tem uma pessoa que é engajada nas causas feministas, essa pessoa é Bruna Linzmeyer! Isso porque quem segue a atriz global nas redes sociais já deve ter percebido que a artista se posiciona abertamente a favor do empoderamento feminino.

 

Maria Casadevall

Mais uma brasileira para esse time perfeito! A atriz conhecida por dar vida à Maria Luiza Carone na série “Coisa Mais Linda”, da Netflix, tem seu feed no Instagram repleto de frases inspiradoras e que ressaltam o movimento feminista.