Fale conosco

O que vc está procurando?

Revista Atrevida

Celebridades

Tom Holland fala sobre contrato com a Marvel e diretor abre o jogo sobre Tom quase não ter conseguido o papel de Peter!

tom-holland-fala-sobre-contrato-com-a-marvel-e-diretor-abre-o-jogo-sobre-tom-quase-nao-ter-conseguido-o-papel-de-peter!

O ator britânico ainda não renovou o contrato com a Marvel e está ansioso para renovar

Tom Holland está capa da revista GQ britânica deste mês. Em entrevista, disse sobre a situação que se encontra com a Marvel, a respeito de seu contrato. O ator foi questionado se “Homem-Aranha 3” seria o último filme dele como Peter Parker. Tom disse que ainda não renovou, mas que está aguardando ansiosamente para uma ligação que confirme a renovação.

“Espero que não [seja o último filme dele como Peter], mas não tenho outro contrato – ainda. Como fui escalado para o papel do Homem-Aranha seis anos atrás, sempre tive o contrato lá como uma rede de segurança. Eu nunca precisaria me preocupar porque, no ano que vem, eu sempre tinha outro filme do Homem-Aranha – mas não mais. Estou apenas olhando para o meu telefone, esperando ele tocar com um novo contrato.”, contou na entrevista.

Joe Russo conta que Tom quase não conseguiu o papel de Peter Parker

O diretor responsável por “Homem-Aranha”, Joe Russo, contou em entrevista para o site The Playlist, que a produtora Sony demorou para aprovar Tom Holland como o mais novo super herói. 

“Nós conversamos com Kevin Feige [presidente] da Marvel sobre Tom e ele ficou animado e então fomos para a Sony. E eles disseram, ‘Vamos pensar sobre isso por um tempo.’ Nós poderíamos dizer que estávamos encontrando resistência da Sony. Então nós trouxemos ele de volta, e fomos implacáveis ​​em enfiar garganta abaixo do estúdio que possuía os direitos autorais. A luta acabou, mas a Sony continuou arrastando os pés […] A Sony olhou para nós, ‘OK, então vocês têm o dinheiro, aqui estão nossos direitos autorais [do ‘Homem-Aranha’].’ Mas eles estavam reticentes, nervosos, em relação a entregar algo que poderia lhes custar centenas de milhões de dólares, senão bilhões de dólares no futuro.”

O diretor também contou do nervosismo que gerou quando o Homem-Aranha apareceu no filme “Capitão América: Guerra Civil” em 2016, foi a primeira aparição do ator inglês como Peter, que só tinha 20 anos.

“Foi a primeira vez que o Homem-Aranha foi escalado como um adolescente de verdade, certo? O que foi muito importante para nós, mas havia um nervosismo distinto em escolher ‘uma criança’”.

Esperamos que o Tom receba essa ligação e tenha seu contrato renovado, assim teremos mais filmes dele como o grande herói do bairro nova-iorquino Queens.