Fale conosco

O que vc está procurando?

Revista Atrevida

Celebridades

Niall Horan compartilha fotos inéditas e web surta: “Eu to passando mal”

O cantor se tornou um dos assuntos mais comentados no Twitter nesta terça-feira, 6, após compartilhar algumas fotos na web

niall horan posa no espelho e web baba
Niall Horan tira foto no espelho e web baba (Créditos: Getty Images)

O One Direction chegou ao fim em 2016, mas o sucesso de Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Zayn Malik e Niall Horan, não. Além de suas músicas solos estourarem, a beleza dos meninos é sempre muito comentada e desta vez não foi diferente. Niall Horan compartilhou fotos inéditas e a web surtou!

Por isso, o cantor se tornou um dos assuntos mais comentados do Twitter nesta terça-feira, 5. Ele compartilhou alguns momentos em seu Instagram oficial e, em seguida, levou a web à loucura. Entre as fotos compartilhadas, ele publicou uma selfie e uma foto no espelho, na qual aparece muito estiloso. De fato, não tinha como não se apaixonar.

Claro que seus fãs ficaram ainda mais encantados por Niall Horan após suas fotos inéditas e não deixaram de comentar. “Fã de Niall Horan acaba desmaiando com tanta perfeição. Os médicos dizem que ela desmaiou de tanta felicidade e beleza do cantor, entenda o caso…” brincou uma fã. “Ainda bem que vivo na mesma época que Niall Horan. Olha que homem lindo”, elogiou outra.

Os comentários não pararam: “EU TO PASSANDO MAL. TA TUDO PRETO. TA TUDO GIRANDO NIALL HORAN”, escreveu mais uma. “O Niall Horan sendo facilmente o homem mais bonito da face da terra. O CABELO GENTE”.

Sucesso com show virtual

O cantor faz tanto sucesso, que no final de 2020 ele fez uma performance no Royal Albert Hall, em Londres para 130 mil pessoas. O objetivo do show virtual era ajudar sua equipe, já que foi afetada pela pandemia e trabalharia na turnê “Nice To Meet Ya”. Depois que o projeto foi finalizado, Niall agradeceu. “Bem, essa foi uma experiência incrível. Muito obrigado a todas as 130.000 pessoas que compraram ingressos em mais de 150 países diferentes ao redor do mundo. Foi incrível voltar ao palco com a banda e tocar novamente”.