Fale conosco

O que você está procurando?

Revista Atrevida

Celebridades

Estrelas do K-pop se pronunciam após aumento de crimes de ódio contra asiáticos: “Merecemos viver sem medo”

estrelas-do-k-pop-se-pronunciam-apos-aumento-de-crimes-de-odio-contra-asiaticos:-“merecemos-viver-sem-medo”

Integrantes do GOT7 compartilharam mensagens de repúdio em suas redes sociais

Nesta quinta-feira (18), estrelas do K-pop e celebridades asiáticas foram às redes sociais para se manifestar contra o aumento no número de casos de crime de ódio, principalmente nos Estados Unidos. Os pronunciamentos da comunidade asiática já vinham acontecendo desde o começo da pandemia, mas aumentaram após um atentado deixar oito pessoas mortas — sendo seis delas mulheres asiáticas —, nesta quarta (17) no estado da Geórgia.

Jackson Wang, Mark Tuan e JB, do grupo GOT7 desabafaram nas redes sociais sobre os acontecimentos, usando a tag “#StopAsianHate” (“Acabe com o ódio contra asiáticos”). 

+++LEIA MAIS: BTS sofre ataque racista de jornalista alemão e artistas vão em defesa do grupo: “Declarações irresponsáveis”!

Na publicação do rapper chinês do grupo, feita no Twitter, Jackson confessou estar de “coração partido”. “Ódio e racismo de qualquer tipo não são aceitáveis. Eu realmente acredito que ninguém nasce odiando. Aqueles que odiaram devem ter aprendido a odiar. Se alguém pode aprender a odiar, então eles podem aprender a amar“, escreveu.

No Instagram, o rapper também completou: “O mundo precisa de amor mais do que nunca. Por favor use sua voz e eu vou fazer o meu melhor para usar a minha. Vamos nos erguer e gerar mudança juntos“.

+++LEIA MAIS: BamBam, do grupo de K-pop Got7, anuncia contrato com ABYSS

Mark, que é americano e recentemente voltou a morar em Los Angeles, depois da saída do GOT7 da JYP, lamentou a sensação de medo que se alastrou pela comunidade asiática no país.  “A recente onda de atos violentos contra a comunidade asiático-americana e todas as pessoas de cor é de partir o coração. Somos todos seres humanos e merecemos viver sem medo de que a cor de nossa pele desafie nossa segurança na América. Esse ódio racista e essa violência têm que acabar“, compartilhou em suas redes sociais.

+++LEIA MAIS: Conheça o “Kpop4Planet”, plataforma de ação climática criada por fãs de K-pop

Ainda, JB, que é o líder do grupo, compartilhou em seu story do Instagram uma foto com a tag do movimento.

Outra estrela do K-pop que se pronunciou foi Amber Liu, do grupo F(X), que, assim como Mark, é natural da Califórnia. “Estou sem palavras e enojada com as notícias que estou lendo. Doeu-me ligar do exterior para minha mãe para dizer a ela para ter cuidado nos Estados Unidos. Acredito que juntos podemos criar positividade e pôr um fim ao ódio“, publicou a cantora.