Fale conosco

O que você está procurando?

Revista Atrevida

Celebridades

BLACKPINK é alvo de investigação após integrantes colocarem ursos panda “em perigo”; entenda!

blackpink-e-alvo-de-investigacao-apos-integrantes-colocarem-ursos-panda-“em-perigo”;-entenda!

Chineses afirmar que estrelas infringiram regras de proteção dos animais

As meninas do BLACKPINK estão sendo investigadas na China! Tudo começou quando a prévia do programa “24/365 com BLACKPINK” foi ao ar, nesta terça-feira (3). No vídeo, as quatro integrantes do grupo de k-pop são vistas em um parque de diversões coreano, para se encontrar com bebês panda.

+++LEIA MAIS: SUGA, do BTS, irá fazer pausa após passar por cirurgia no ombro

Nas imagens, Jisoo, Rosé, Jennie e Lisa, além de alimentar a mãe panda, também são vistas abraçando um filhote de 3 meses, chamado Fubao. Entretanto, as meninas receberam fortes críticas de internautas chineses por estar “colocando em risco” a saúde do animal, ao tocar, de maneira ilegal, o bebê panda.

Acontece que, as meninas infringiram leis chinesas sobre o cuidado desses animais, ao entrar em contato com o animal sem a proteção necessária. Agora, a Administração Florestal do governo chinês, junto com o Centro de Pesquisa e Conservação do Panda Gigante da China, estão conduzindo uma investigação minuciosa para apurar o caso.

BLACKPINK

+++LEIA MAIS: K/DA faz comeback com novo EP “All Out”, com participações inéditas; saiba mais sobre a novidade!

Mas se o parque é coreano, por que a China está investigando?

Embora o bebê Fubao tenha nascido na Coreia do Sul, ele não pertence ao país. Na verdade, por incrível que pareça, o governo chinês é dono de quase todos os pandas gigantes do mundo, e os zoológicos de todo o mundo basicamente os “alugam”.

Como os pandas do “Panda World Everland”, parque em que as meninas estavam, pertencem à China, espera-se que o zoológico siga regulamentos rígidos para proteger os ursos de quaisquer doenças. Uma dessas regras proíbe o público de tocar nos pandas ou ter contato próximo com eles. Ainda, de acordo com a Administração Florestal do Estado da China, permitir que não profissionais toquem nos pandas aumenta o risco de contrair uma infecção zoonótica.

BLACKPINK

Além disso, as regras estipulam que pessoas com animais de estimação — que é o caso das meninas do BLACKPINK, que possuem cachorros e gatos — não devem entrar em contato próximo com os pandas, a fim de prevenir ainda mais a propagação de doenças. 

Essa regra veio depois que, em 2015, vários pandas morreram de cinomose, um vírus encontrado em cães domésticos. Como os pandas gigantes são atualmente considerados em perigo, o governo chinês considera seu bem-estar de extrema importância.

Os internautas chineses não ficaram nada felizes com as meninas, publicando notas de repúdio, no portal asiático Weibo, e exigindo que os pandas sejam examinados imediatamente:

Em 2015, tantos pandas morreram em conseqüência do vírus da cinomose — isso não é uma lição?”, um internauta escreveu. “Essas criaturinhas lamentáveis ​​que foram emprestadas estão sendo usadas apenas para trabalho/marketing/vendas deste grupo feminino”, concluiu.

Se você realmente ama pandas gigantes, observe-os em silêncio e não se aproxime para interagir com eles”, outro usuário comentou.

Por mais que alguns comentário sejam diretos para o BLACKPINK, os chineses também repreenderam a equipe da YG Entertainment e os zeladores do parque, por não seguirem as regras das quais “deveriam estar cientes”.

Até então, não se sabe quais possíveis penalidades Everland, YG Entertainment e BLACKPINK podem sofrer, mas, anteriormente, por conta de descomprimento de regras, o governo chinês já retirou pandas de zoológicos no exterior.

A YG ainda não se posicionou sobre o caso.

Assista ao teaser: