Fale conosco

O que você está procurando?

Revista Atrevida

Celebridades

Billie Eilish pede desculpas por vídeo polêmico em que usa injúrias raciais

“Independentemente da minha ignorância e idade na época, nada muda o fato que doeu”, escreveu a cantora

Billie Eilish pode desculpas por vídeo polêmico em que usa injúrias raciais
Billie Eilish pode desculpas por vídeo polêmico em que usa injúrias raciais (Getty Images)

Nesta segunda-feira, 21, Billie Eilish usou de sua rede social para se pronunciar sobe um vídeo antigo e polêmico em que a cantora usou um termo racista à comunidade asiática.

Desde que o vídeo voltou a circular na web, muitos pediram para a jovem de 19 anos se pronunciar sobre o ocorrido. Segundo o pronunciamento, Billie tinha entre 13 e 14 anos na época, pediu desculpas e disse “Independentemente da minha ignorância e idade na época, nada muda o fato que doeu”, confira:

Pronunciamento traduzido

“Eu amo vocês, e muitos de vocês têm me pedido para abordar isso. E isso é algo que QUERO abordar porque estou sendo rotulada como algo que não sou. Há uma edição de vídeo em torno de mim quando eu tinha 13 ou 14 anos, onde murmurei uma palavra de uma música que na época eu não sabia que era um termo depreciativo usado contra membros da comunidade asiática. Portanto estou chocada e envergonhada e quero vomitar por ter murmurado junto com essa palavra. Nessa música foi a única vez que ouvi essa palavra, pois nunca foi usada perto de mim por ninguém da minha família. Independentemente da minha ignorância e idade na época, nada muda o fato que doeu. Portanto, por isso, eu sinto muito.

O outro vídeo naquele clipe editado é eu falando em uma voz boba e sem sentido… algo que comecei a fazer quando criança e fiz a vida inteira falando com meus animais de estimação, amigos e família. É um jargão absoluto e apenas eu brincando, e de forma alguma uma imitação de alguém ou qualquer idioma, sotaque ou cultura, nem um pouco. Qualquer um que me conhece já me viu brincando com vozes durante toda a minha vida. 

Independentemente de como foi interpretado, eu não quis que nenhuma de minhas ações tenham ferido outras pessoas, portanto, me parte o coração que esteja sendo rotulada agora de uma forma que pode causar dor às pessoas que as ouviram. Eu não só acredito, mas sempre trabalhei muito para usar minha plataforma para lutar pela inclusão, gentileza, tolerância, equidade e igualdade que todos nós precisamos para continuar conversando, ouvindo e aprendendo. Eu ouço e amo vocês. Obrigado por separar um tempo para ler isso.”

Por fim, dias atrás quem também se pronunciou sobre comentários antigos racistas e homofóbicos foi seu namorado, o ator, Matthew Tyler Vorce, 29 anos. Confira o texto do ator aqui.