Fale conosco

O que vc está procurando?

Revista Atrevida

Celebridades

Após ser criticada por comentário sobre assédio, Mel Maia se pronuncia: “Foi mais uma ironia”

apos-ser-criticada-por-comentario-sobre-assedio,-mel-maia-se-pronuncia:-“foi-mais-uma-ironia”

A atriz compartilhou um vídeo no qual faz uma ironia sobre o assédio sofrido pelas mulheres na rua e recebeu críticas nas redes sociais

Mel Maia  se tornou um dos assuntos mais comentados da web nesta terça-feira, 24. Isso porque a atriz compartilhou um vídeo em seu Instagram oficial, em que apareceu de calça e casaco e comentou que essa seria a maneira de não ser assediada na rua. Porém, sua ironia não foi bem interpretada pelos seus seguidores e recebeu algumas críticas.

+++LEIA MAIS: Mel Maia desiste de transição capilar e revela o porquê, entenda!

No vídeo, Mel mostrou a sua roupa e escreveu: “Como não ser assediada check”. No Twitter inúmeros comentários foram feitos a respeito da brincadeira feita pela atriz. “Não sei quem é Mel Maia, mas alguém avisa pra ela que mulher é assediada até usando burca”, escreveu uma seguidora. 

“Mel Maia? Desde quando roupa define algo? Sei que é nojento o que a gente passa e as vezes optamos por usar algo ‘comportado’ pra evitar sofrer esse tipo de coisa, mas a verdade é que nós SEMPRE vamos estar sujeitas a isso. Não importa a roupa que vestirmos”, apontou outra.

Após os inúmeros comentários e críticas, Mel Maia resolveu apagar o vídeo de sua rede social e preferiu se explicar diante da polêmica, por meio dos stories de seu Instagram oficial. A atriz garantiu que foi apenas uma ironia e que sabe, como qualquer mulher, que a roupa não define esse tipo de assunto.

+++LEIA MAIS: Matheus Mazzafera, Jade Picon e Vivi Wanderley criticam Lipo LAD em vídeo e Giovanna Chaves responde com indireta nas redes!

“Gente, eu vi que tinha algumas pessoas comentando sobre meu vídeo da roupa e foi mais uma ironia mesmo porque quem é mulher entende que a gente se sente mais confortável saindo na rua daquele jeito, apesar do erro não ser a roupa. E aí eu preferi tirar o vídeo para vocês não entenderem errado, que eu vi que tinham algumas pessoas falando. Mas toda mulher sabe que mulher é assediada de burca, de calça de shorts porque o erro não é a mulher e o erro não é a roupa”, disse.