Fale conosco

O que você está procurando?

Revista Atrevida

Celebridades

Após problemas na imigração, David Dobrik consegue voltar aos Estados Unidos

Youtuber ficou preso na Eslováquia após ter problemas com sua documentação

David Dobrik consegue voltar aos Estados Unidos
David Dobrik consegue voltar aos Estados Unidos. (Getty Images)

Pois é, David Dobrik se envolveu em mais uma enrascada: o youtuber postou em seu perfil, nesta quinta-feira, 23, um vídeo afirmando estar preso no Eslováquia. Aliás, para os que não sabem, o influencer é nativo do país nórdico, mas mudou para os EUA ainda pequeno. Entretanto, David ainda não tinha seu Green Card americano, mas sim um documento da DACA, Ação Adiada para Chegadas na Infância, que beneficia filhos de imigrantes continuem com a documentação.

Dessa forma, David resolveu fazer uma viagem para a Europa e parar duas semanas em seu país natal. E foi aí que tudo ficou estranho.

“Oi pessoal, desculpe, não tenho sido muito ativo nas redes sociais”, explicou ele em sua Instagram. “Todos voltaram para casa porque está demorando e é muito mais difícil do que eu pensava para conseguir meu visto e green card”, lamentou o youtuber, em primeiro lugar.

“Espero voltar aos Estados Unidos em breve, é como se estivesse perdido, estou literalmente encalhado”, relatou, em seguida. “Me deseje sorte”, disse, enfim. Entretanto, David Dobrik não entrou em detalhes em relação quais são os problemas que o impediam de voltar da Eslováquia para os Estados Unidos.

Por mais que o influencer não tenha explicado, muitos fãs desconfiam que tem a ver com a documentação da DACA, que Dobrik já explicou no passado. De acordo com ele, esse tipo de licença não permite com que ele volte aos Estados Unidos caso ele resolva sair do país.

“Basicamente, posso sair, posso ir agora, mas não posso voltar. Não posso voltar a entrar no país por, tipo, mais 10 anos se Deixo o país. Então, não sou cidadão. Não tenho visto”, explicou Dobrik na época.

Entretanto, tudo se resolveu! Nesta noite de quarta, 23, ele posou em Washington D.C., capital dos Estados Unidos, afirmando que ele conseguiu a autorização para voltar — juntodo seu Green Card.