Fale conosco

O que vc está procurando?

Revista Atrevida

Celebridades

Anitta relembra dificuldades no início da carreira: “Fiquei cansada por muitos anos”

A cantora comentou que cuidava de tudo, mas não tinha tempo de cuidar de si mesma

anitta relembra início da carreira
Anitta relembra início da carreira (Getty Images)

Hoje em dia Anitta é, definitivamente, um dos maiores nomes da música brasileira e já está conquistando seu espaço no exterior. Entretanto, as coisas nem sempre foram tão fáceis para ela, já que a própria cantora tomava conta de tudo. Sobre isso, em entrevista ao podcast “Spout”, Anitta relembrou o início de sua carreira e desabafou sobre como foram os primeiros anos.

“Fui minha própria empresária por muitos anos e cuidava de tudo, queria estar sempre no topo, dar a alma. Dois anos atrás eu decidi descentralizar e não tomar conta de tantas coisas. Fico com a parte criativa. Não tenho tanta ideia de como as coisas vêm. O que sei é de criação, dos vídeos”, revelou. Além disso, ela disse que, hoje em dia, tenta se estressar menos e aproveitar a vida.

“Fiquei cansada por muitos anos. Agora tento curtir mais a vida. Foi muito estressante. Eu dava 100% de mim o tempo todo, cuidava de tudo: dos contratos, das ideias. Meu Deus! De todas as coisas! Foi cansativo. Foi bom porque sou perfeccionista e tinha o controle das coisas”, continuou.

Por conta da sua rotina agitada e cheia de negócios, no início da carreira Anitta não tinha tempo de cuidar de si mesma e aproveitar a vida. “Então pensei: ‘Ok. Estou pronta para isso’. Preciso escolher o que quero fazer. Era o tempo todo ao telefone, não tinha tempo para sair… Era só negócios, negócios, negócios, o dia inteiro. Meu Deus. Estava sempre frustrada, preocupada. A vida com amigos, família e a afetiva estão melhores”, disse.

Influência na web

Por fim, a cantora também disse como leva a vida, sabendo que tem uma grande influência nas pessoas, principalmente nas redes sociais. Ela disse que aprendeu a lidar com a pressão e não tem medo de fazer algo errado, já que sabe que é talentosa e muito dedicada.

“Não tenho mais medo de falhar. Faço o que é bom para mim e, se preciso tentar algo novo, tento e tudo bem. Sem muita pressão. Não fico com medo de errar, não penso no que as pessoas vão comentar. Só tento. Se dá errado, tudo bem. Se dá errado, ok. Sei que sou talentosa, não fico pensando se tenho a melhor voz, se sou a melhor bailarina. Eu tenho um pouco de tudo e sou dedicada, responsável, comprometida”, finalizou.