Fale conosco

O que você está procurando?

Revista Atrevida

Beleza

Saiba quais são os perigos de usar maquiagem vencida ou estragada

Conheça os perigos da maquiagem vencida
Conheça os perigos da maquiagem vencida (Crédito: Canva Foto)

Dermatologistas alertam sobre riscos e alergia e recomendam não usar maquiagem com máscaras

Desde o início da pandemia alguns produtos de beleza, como maquiagens, ficaram guardadas e sem uso. Por serem guardadas, muitas vezes, em locais que sofrem com umidade esses produtos podem ter estragado. “As maquiagens, quando armazenadas no banheiro ou em qualquer outro local úmido, podem mofar antes mesmo de extrapolarem o prazo de validade. Quando isso acontece, mesmo que em parte na maquiagem, o produto já está todo contaminado”, alerta a dermatologista Dra. Fabiana Seidl.

Produtos já vencidos ou contaminados ou mofados podem trazer vários malefícios à saúde, causando dermatites, irritações, inflamações, micoses e até mesmo espinhas no rosto. “Ao colocar um produto contaminado com fungo na pele corre o risco da pessoa vir a desenvolver uma infecção cutânea superficial ou até mesmo profunda, dependendo do tipo de fungo”, alerta a médica. 

+++LEIA MAIS: TikToker Nayla Floriano fala sobre cuidados com cabelo crespo e dá dicas para fazer transição capilar

“Além disso ainda existe o risco de inalação de esporos do fungo podendo levar a problemas pulmonares. É claro que isso depende muito da resposta imune de cada indivíduo, mas eu aconselho a não utilizar sob hipótese nenhuma”, explica a Fabiana. 

É importante ficar de olho nos sintomas que podem surgir caso sua pele tenha contato com uma maquiagem vencida. São eles: coceira, ardência e, às vezes, também inchaço, que podem surgir minutos após a aplicação do produto.

+++LEIA MAIS: 4 dicas para quem pensa em ingressar na maquiagem artística!
 

Veja uma lista de dicas para evitar ter problema com maquiagem:

  • Verificar sempre a validade
  • Comprar produtos hipoalergênicos
  • Retirar toda a maquiagem antes de dormir
  • Procurar marcas de boa procedência