Fale conosco

O que você está procurando?

Revista Atrevida

Beleza

Mais brilho, por favor: Influenciadora Clara Phileto lista 3 erros para serem evitados com o iluminador na hora da make

A influenciadora ensina o jeito correto de iluminar o rosto com um efeito super natural

influenciadora clara phileto lista 3 erros para serem evitados com o iluminador na hora da make
Influenciadora Clara Phileto lista 3 erros para serem evitados com o iluminador na hora da make (Divulgação)

O iluminador faz toda a diferença na make, né? Esse item é capaz de iluminar a maquiagem e destacar as partes mais altas do rosto, garantindo um brilho poderoso para a sua produção. Por isso, a influenciadora Clara Phileto, que faz parte do grupo extenso de mulheres que se tornaram adeptas de seu uso, resolveu abrir o jogo, revelando quais os principais erros que devem ser evitados ao aplicar o iluminador na pele. Confira!

Usar o tom inadequado

Muita gente não sabe, mas existem iluminadores com diversas tonalidades, variando no fundo de cor e na intensidade dos pigmentos. Os mais comuns são o rosado, perolado, dourado e o puxado para o marrom.

“Recomendo sempre os com fundos perolados, que são neutros e funcionam em todas as peles”, indica a influencer. “Você também pode combinar a cor do iluminador com o tom do blush. Se o blush for rosa, por exemplo, aposte no iluminador rosê. Se ele for marrom, invista no iluminador dourado. O objetivo é que a pele fique com um bronze realista”, comenta.

Aplicar do jeito errado

Além disso, na hora de preparar a make na pele, o correto e aplicar o iluminador por último. Ele vem depois da base, do pó compacto e do blush. Para saber usá-lo do jeito certo, é preciso levar em consideração as diferentes versões do produto.

“Se ele for em pó, o ideal é aplicar com um pincel vassourinha, que é fino, de cerdas macias e confere um efeito natural. Sempre prefira os pinceis menores, pois eles são mais precisos, te ajudam a ter mais controle e entregam um acabamento melhor na maquiagem”, recomenda.

“No formato em bastão, o iluminador pode ser colocado diretamente na pele com os dedos. No caso do iluminador líquido, também passe o produto aos poucos. Vá depositando no rosto, dando batidinhas para fixar”, ensina Clara. Além disso, para não deixar o rosto marcado, o segredo é esfumar.

“Espalhe até não ver mais nenhum limite separando o tom do iluminador e a pele. Esse aspecto glow deve ser difuso, como se esse brilho viesse de dentro para fora”, explica. “As batidinhas na pele também ajudam, pois fazem a pele absorver os pigmentos.”

Iluminar as áreas incorretas do rosto

Uma das dúvidas mais comuns sobre a maneira de usar é saber em qual área do rosto aplicar e, por isso, é um dos erros a serem evitados com iluminador. A influencer indica que as regiões mais altas da face são as que mais combinam com o toque brilhante do produto.

“Em cada parte do rosto, o iluminador ganha uma função diferente. Ele é bastante usado nas maçãs para destacar o blush. O local é bem acima das bochechas, nas têmporas. Esse brilho também fica incrível na ponta do nariz, criando um ponto de luz bem charmoso na make”, destaca.

Outra região do rosto que recebe bem o iluminador é o arco do cupido. “É aquele meio dos lábios superiores que as mulheres adoram realçar quando passam batom. Com essa estética shiny, a área vai se sobressair ainda mais”, acrescenta. A região dos olhos e das sobrancelhas também ganham uma valorização especial com o uso do produto.

“Quando utilizado no canto interno dos olhos, ele dá uma sensação de que o olhar está mais vivo e aberto. O iluminador também auxilia a evidenciar a forma das sobrancelhas. É só passá-lo logo abaixo do arco dos pelinhos”, pontua.