Fale conosco

O que vc está procurando?

Revista Atrevida

Beleza

Especialista aponta mitos e verdades sobre a saúde capilar

A tricologista Viviane Coutinho desvenda dúvidas comuns sobre cuidados com os cabelos

Especialista aponta mitos e verdades sobre a saúde capilar
Especialista aponta mitos e verdades sobre a saúde capilar. (Reprodução/Unsplash)

A saúde capilar sempre gera muitos questionamentos, já que todo mundo quer deixar as madeixas sempre impecáveis, e, para isso, é preciso cuidar constantemente dos fios. A tricologista Viviane Coutinho, membra-docente da Academia Brasileira de Tricologia (ABT), desvenda mitos e verdades bastante populares sobre cuidados com os cabelos.

Acompanhe, em seguida!

Água quente causa queda de cabelos: 

Mito! De acordo com Viviane, a água quente não tem relação direta com a queda. “Ela na verdade causa disfunção no couro cabeludo que podem vir a ocasionar futuras quedas“, revela.

A lavagem pode acentuar a queda: 

Falso! Na verdade, é o exato oposto: a ausência da lavagem é que pode prejudicar a saúde capilar, causando uma possível queda. “Uma vez que a falta de higienização gera acúmulo de produto no couro cabeludo, deixa os fios mais fragilizados desde a raiz”, explica.

Arrancar um fio branco faz nascer vários: 

Mito também, mas cuidado: “mesmo não gerando uma queda acentuada de fios, não é uma prática recomendada. Arrancar o fio branco apenas te deixará com um fio a menos no cabelo, mas, para aqueles que estão com pouco cabelo, pode ser um risco”, alerta a profissional.

Anticoncepcional faz o cabelo crescer?

Mentira! “Alguns anticoncepcionais antiandrogênicos, na verdade, podem ajudar a inibir a alopecia androgenética, queda de cabelo é popularmente conhecida como calvície feminina. Mas o produto não faz os fios crescerem“, explica Viviane.

Dormir com o cabelo molhado faz mal?

Sim! Afinal, ao dormir de cabelo molhado ou úmido, criamos o ambiente ideal para a proliferação de bactérias e fungos, que precisam de calor e, especialmente, umidade. “Isso aumenta as disfunções do couro cabeludo, e, em alguns casos, levam à caspa e dermatite”, comenta.

Precisamos trocar os shampoos sempre?

Depende! “Não é simplesmente uma questão de costume, mas, assim que os cabelos absorvem os ativos necessários, eles tendem a não responder aos ativos tão bem quanto no começo do uso. É nesta hora que precisamos trocar os ativos”, recomenda a tricologista.

Cortar os cabelos faz crescer mais rápido?

Não! Esse é um dos mitos mais famosos, mas, de acordo com Viviane, não procede. “O cabelo costuma sempre crescer cerca de um centímetro por mês, e esse fator de crescimento não tem a ver com a quantidade de vezes que você corta a madeixa. Vale destacar que as pontas são um tecido morto e sua retirada não influencia o bulbo, parte do fio que fica lá na raiz”, acrescenta.

Deixar por horas um produto agindo melhora o resultado? 

Mito! É importante respeitar o tempo de ação recomendado na embalagem de cada máscara, óleo e misturinha. “Em vez de melhorar o resultado, essa prática pode trazer prejuízos, pois é capaz de gerar oleosidade excessiva”, diz Viviane.

Estresse causa cabelo branco?

Sim! “Estresse é um fator oxidativo, que acelera sim o surgimento de cabelos brancos em alguns casos. Mas, na maioria das vezes, ocorre em decorrência da genética do indivíduo”, conta.

A fase da lua impacta no crescimento do cabelo?

Mito! Viviane destaca que não há nenhum embasamento científico que prove que o ciclo lunar impacta em qualquer fator capilar, apesar de ser uma crença popular. “São mitos passados de geração em geração e que ainda tem muita força, embora não sejam comprovados pela ciência”, explica.

Caspa é sinal de má higiene

Falso! De acordo com a especialista, a caspa surge por fatores individuais em cada paciente. No entanto, o que se sabe é que o problema costuma aparecer em áreas do corpo ricas em glândulas sebáceas, fazendo com que a oleosidade produzida crie um ambiente propício para desenvolver a doença. “Não lavar o couro cabeludo pode, de fato, piorar esse quadro, mas não é a causa do problema”, garante.

Prender sempre os cabelos pode ajudar na queda 

É verdade! “Através da tração excessiva dos fios, é possível sim favorecer a queda e, inclusive, resultar em falhas no couro cabeludo. Mas isso só acontece em casos extremos e quando os penteados apertados fazem parte da rotina”, descreve.

Comer e manter hábitos saudáveis influenciam na saúde capilar 

É isso mesmo! Assim como a nossa saúde como um todo, a qualidade do nosso cabelo também está relacionada à qualidade da nossa alimentação. “Cada fio é composto por células que contêm uma proteína chamada queratina. Essas células precisam ser nutridas com minerais e vitaminas, que só podem ser realmente consumidas com bons hábitos alimentares”, afirma, por fim, a profissional.