Fale conosco

O que você está procurando?

Revista Atrevida

Beleza

Dia do Batom: 11 fatos curiosos sobre nosso item de maquiagem favorito

Reprodução/Amazon

Você sabia que hoje, dia 29 de julho, é comemorado o Dia do Batom? Parte do nosso dia a dia e indispensável na hora da produção, o item é um dos produtos de maquiagem mais populares do mundo. Mas apesar de ser tão amado atualmente (a ponto de ganhar um dia em sua homenagem), nem sempre foi assim: ao longo da história, o batom já foi considerado um item inaceitável, associado à ideais machistas e, até mesmo, proibido em algumas sociedades.

Se você está a fim de conhecer um pouco mais sobre a história do batom, confira 11 curiosidades que separamos sobre o queridinho do mundo da beleza:

1. O batom é um dos itens de beleza mais antigos do mundo! Estudiosos acreditam que os primeiros registros de pintura labial surgiram no Antigo Egito, em 5.000 a.C., e foram popularizados pela Cleópatra. Na época, as mulheres utilizavam substâncias naturais capazes de realçar a cor dos lábios.

2. Na Roma Antiga, de 753 a.C. até 476 d.C., uma pasta gordurosa à base de cevada, chifre de veado, mel e salitre era usada como proteção labial por ambos os sexos. Anos mais tarde, a coloração da boca passou a ser utilizada para distinguir classes sociais. Mulheres da alta sociedade, por exemplo, usavam batons rosa-choque, enquanto mulheres de outras classes utilizavam tons mais avermelhados.

3. Na Grécia, durante o século II, foi criada a primeira lei que proibia mulheres de utilizarem batom em público, com exceção das prostitutas – que, neste caso, poderiam ser punidas se aparecessem sem batom.

4. Durante a Idade Média, a Igreja Católica proibiu e condenou o uso de batom em vários países na Europa. Segundo os religiosos da época, os lábios coloridos eram associados aos pecados da vaidade e da luxúria. Em 1770, o parlamento britânico proibiu o uso de pigmentos nos lábios, por acreditar que o batom era um artifício criado para seduzir e manipular os homens, chegando a serem associados até mesmo à feitiçaria.

5. Durante o século XVI, a rainha Elizabeth I, da Inglaterra, ignorava as regras da Igreja e utilizava o item por adorar a tonalidade vermelha em seus lábios, o que fez com que os batons ganhassem certa popularidade. A monarca era tão apaixonada pelo item que chegou a acreditar que ele tinha poderes curativos. A ironia, porém, é que naquela época as pinturas labiais possuíam entre seus componentes pó de chumbo, um ingrediente super tóxico.

6. Foi apenas no fim do século XIX que o perfumista francês Rhocopis criou o item batizado de “baton serviteur” (que significa bastão, em português). A massa, que era vendida em uma embalagem de papel de seda, era composta por talco, óleo de amêndoas, essências de bergamota e limão, ganhando a cor avermelhada. Em 1880, a marca francesa Guerlain foi a primeira a comercializar o item.

7. No século XX, o batom tornou-se socialmente aceito e utilizado por muitas mulheres. Em 1912, durante a marcha pelo voto feminino que ocorreu em Nova York, Elizabeth Arden produziu e distribuiu batons vermelhos para as sufragistas. Na época, o item acabou se tornando um grande símbolo de luta e força feminina.

8. O formato do batom em um tubo metálico surgiu apenas em 1915, nos Estados Unidos. Nos anos seguintes, o item tornou-se um item relacionado à beleza e elegância, e em 1930 sua fórmula sólida se popularizou.

9. No início dos anos 50, as estrelas de Hollywood, Marilyn Monroe e Elizabeth Taylor, popularizaram o batom e o tornaram um dos itens de primeira necessidade na maquiagem feminina. A essa altura, mulheres passaram a utilizar batons no dia a dia, e não apenas em casa.

10. Durante a Segunda Guerra Mundial, o batom acabou ganhando ainda mais importância. O motivo? O item era considerado essencial para levantar a autoestima das mulheres, que passaram a trabalhar e ganhar seu próprio dinheiro. Usar batom chegou a ser considerado, inclusive, um ato patriótico pelo ministro britânico Winston Churchill.

11. Aos poucos, a fórmula do batom também ganhou diversas melhorias em sua qualidade. Atualmente, dentre os ingredientes mais utilizados para a sua elaboração, estão a combinação de três tipos de cera (de abelha, de candelila e de carnaúba), óleos vegetais (como de rícino, mineral e lanolina), pigmentos e corantes.

E aí, gostou das curiosidades? Confira também, no site da Amazon, uma seleção de batons com desconto imperdíveis para você garantir o seu. Vem ver!

1. Batom Superstay Matte Ink Romantic, Maybelline: https://amzn.to/3xclvkP

Reprodução/Amazon

2. Batom Basic Cor 05, Vult: https://amzn.to/3BUWEWg

Reprodução/Amazon

3. Batom Super Lustrous Caramel Glace, Revlon: https://amzn.to/2WqXXfc

Reprodução/Amazon

4. Batom Líquido Matte, By Payot, Chiclé, Boca Rosa: https://amzn.to/3la5bhX

Reprodução/Amazon

5. Batom Liquido, Minha Melhor Versão, Nude, Dailus: https://amzn.to/3xctoGW

Reprodução/Amazon

6. Batom L’absolu Rouge Hydrating Cream, Lancôme: https://amzn.to/3f8Dcvk

Reprodução/Amazon

7. Batom Matte Lipstick Russian Red 3G, M·A·C: https://amzn.to/3yfmAJQ

Reprodução/Amazon

Vale lembrar que os preços disponíveis condizem com o site da Amazon. Além disso, assinantes Amazon Prime recebem os produtos com mais rapidez e frete grátis, e a Atrevida pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/3jUK13p
Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2I0vOEM