Na real / Comportamento / Para planejar seu casamento, não poupe, aplique o seu dinheiro





Para planejar seu casamento, não poupe, aplique o seu dinheiro

Quando decide subir no altar, um casal precisa se planejar financeiramente para concretizar seu sonho. Uma alternativa é poupar dinheiro durante um período pré-estabelecido, antes do casamento, para acumular a quantia necessária e fazer a festa do jeito que deseja. Melhor ainda é colocar esse dinheiro para “trabalhar” e aumentar o valor final. Mas como? Fácil: basta guardar com o aplicativo da Diin!

Na Diin, primeira fintech a possibilitar o micro investimento no Brasil, por exemplo, o dinheiro guardado será aplicado em Letras Financeiras do Tesouro (LFT) - o título Tesouro Selic, que acompanha o retorno da taxa básica de juros e tem liquidez diária. Quando os noivos precisarem resgatar o investimento, receberão seu dinheiro com o acréscimo de um rendimento bruto no período em que o valor ficou aplicado.

A conta é simples:

Período: 3 anos

Valor (meta): R$ 30 mil

Dinheiro investido por mês: R$ 768,07 (no acumulado, esse valor é de R$27.650,52. O restante até R$30.000 é de rendimentos das aplicações mensais)

Ao final do período, com o retorno financeiro do rendimento aplicado na Diin, o casal alcançará a meta financeira para realizar o tão desejado casamento. Com R$30 mil, é possível pagar vestido, buffet e outros grandes gastos à vista. E dessa forma, evita acumular dívidas a longo prazo, parcelas e o pagamento de juros.

Para investir com a Diin, os noivos precisam fazer o cadastro via aplicativo (disponível para iOS e Android) e transferir o valor que desejam investir a qualquer momento. Não tem desculpa para não usar: dá para investir quantias a partir de R$1 e dar o primeiro passo para realizar o sonho do casamento - ou qualquer outro.



Comentários